Força-tarefa conclui remoção de famílias de área pública no Cinquentenário II, em Caxias  - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Habitação16/09/2019 | 18h30Atualizada em 16/09/2019 | 18h30

Força-tarefa conclui remoção de famílias de área pública no Cinquentenário II, em Caxias 

Processo tramitava desde 2007 na Justiça

Força-tarefa conclui remoção de famílias de área pública no Cinquentenário II, em Caxias  Ermano Bisotto/Divulgação
Após retirada de famílias, retroescavadeira derrubou moradias Foto: Ermano Bisotto / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Uma força-tarefa concluiu nesta segunda-feira (16) a reintegração de posse de uma área pública no bairro Cinquentenário II, em Caxias do Sul. O processo tramitava desde 2007 na Justiça. 

A área verde nos fundos da sede da Associação de Moradores de Bairro (Amob) Cinquentenário II, na Rua Walfrida Versteg, era habitada irregularmente há mais de 20 anos. A finalidade original era utilizar o terreno para construir a sede da Associação de Pais e Amigos do Autista (Ama). Em 2014, uma decisão da 2ª Vara Cível determinou a retirada de cinco famílias, o que só foi cumprido agora em virtude de liminares movidas pelos moradores.

A prefeitura de Caxias do Sul e a Justiça concluíram nesta segunda-feira a remoção de quatro casas erguidas em área pública no bairro Cinquentenário II, em Caxias do Sul.
Equipes da prefeitura, da BM e da Guarda Municipal estiveram no localFoto: Robson Paim / Divulgação

Leia mais
Famílias que ocupam área pública no bairro Cinquentenário II, em Caxias, temem ficar na rua
Moradores invadem prefeitura de Caxias para protestar contra reintegração de posse
Defensora nega ter havido omissão no caso das famílias desalojadas no bairro Cinquentenário ll, em Caxias 

Segundo o presidente da Amob, Róbson Paim, havia quatro moradias no local. As construções foram demolidas por retroescavadeiras da prefeitura. Das cinco famílias, uma delas foi transferida para uma moradia cedida pelo município, pois a moradora é cadeirante. As demais precisaram buscar auxílio de familiares.

— Cedemos parte da Amob para guardar os móveis dessas famílias. Nunca vi tanto policial, tantos guardas para fazer isso — lamentou Robson.

Conforme o oficial de Justiça Ermano Bisotto, responsável pelo cumprimento do mandado, a operação transcorreu normalmente e havia sido organizada ainda na semana passada. Na sexta-feira (13), representantes da Brigada Militar conversaram com os moradores. A reintegração começou por volta das 7h30min e se encerrou no final da manhã. 

— Tudo transcorreu tranquilamente — frisou Bisotto.

Leia também
Muro coberto e câmeras de segurança: operação da polícia desmonta forte do tráfico em Caxias do Sul
27 candidatos disputam 10 vagas para conselheiro tutelar em Caxias
Após congestionamentos, semáforos para pedestres são ajustados na Avenida São Leopoldo, em Caxias

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros