Consulta popular tem votação abaixo do esperado na Serra - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Até esta sexta06/09/2019 | 12h28Atualizada em 06/09/2019 | 12h30

Consulta popular tem votação abaixo do esperado na Serra

Iniciativa permite que a população escolha quais projetos devem receber recursos do Estado

Consulta popular tem votação abaixo do esperado na Serra Governo do Estado/Reprodução
Votação termina nesta sexta-feira (6) Foto: Governo do Estado / Reprodução

Pelo menos duas regiões da Serra estão com votação abaixo do esperado na Consulta Popular, que começou na quarta-feira (4) e termina nesta sexta (6). A iniciativa permite que a comunidade escolha os projetos que receberão recursos do governo do Estado. Neste ano, estão disponíveis propostas de desenvolvimento regional.

Leia mais
Consulta popular 2019 aposta em projetos de desenvolvimento do setor produtivo
Consulta Popular em Caxias do Sul começa nesta quarta-feira 

No Conselho Regional de Desenvolvimento (Corede) dos Campos de Cima da Serra, por exemplo, quatro dos 10 municípios que compõem o aglomerado não atingiram a marca de participação de 2% dos eleitores: Vacaria, Bom Jesus, Campestre da Serra e Muitos Capões. O critério ​de só destinar recurso para quem atingir esse percentual de votantes foi criado pela entidade para incentivar o engajamento dos municípios. Quem não atingir o mínimo não receberá a parcela correspondente dos R$ 800 mil destinados ao Corede. O valor será dividido entre dois projetos mais votados dos três disponíveis para escolha dos eleitores.

— Acreditamos que vamos conseguir atingir, mas a participação está menor em função do tipo de projeto, que não motiva as pessoas. Não tem projeto de saúde, por exemplo — avalia o presidente do Corede, Adalécio Kovaleski.

Até a noite desta quinta-feira (5), o município com o maior percentual era André da Rocha, com participação de 4,8% dos eleitores. Pinhal da Serra, Esmeralda, Ipê, Monte Alegre dos Campos e São José dos Ausentes também já haviam superado os 2%. Já Vacaria​, o mais populoso dos Campos de Cima da Serra, tinha apenas 1,4%.

No Corede Hortênsias, a participação é de apenas 375 eleitores em um universo de 105.079 distribuídos em sete municípios. Até esta quinta, Picada Café tinha mobilizado o maior número de eleitores: 146. Gramado e Canela tiveram a participação de 28 e 24 eleitores respectivamente e Jaquirana, cinco. Conforme o Corede, entre as explicações está a falta de recursos para a divulgação da Consulta. O Estado chegou a reservar R$ 16,6 mil, mas o dinheiro não foi disponibilizado a tempo.

Já o Corede Serra, do qual Caxias do Sul faz parte, apenas 9.295 eleitores de um total de 678.132 haviam participado até o meio-dia desta sexta-feira. A entidade reúne 32 municípios. A cidade com a maior participação é Vista Alegre do Prata, com 25,23% dos eleitores. Em Caxias, foram contabilizados 1.495 votos, menos que Farroupilha, com 1.564 e Flores da Cunha, com 1.761. Bento Gonçalves teve 417.

—Isso é consequência das mudanças, da ausência da saúde, educação e segurança — reforça Monica Mattia, diretora do Corede Serra.

Em todo o Estado, até a noite de quinta, haviam sido contabilizados 85 mil votos, de um total de 8,3 milhões de eleitores. A votação ocorre pelo site www.consultapopular.rs.gov.br e termina nesta sexta-feira.

Leia mais
Mais visibilidade a arquitetos e designers gaúchos 
Workshop que pretende descomplicar o vinho ocorre nessa sexta em Caxias
Loja caxiense desvincula-se de franquia e cria marca própria 

>

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros