"Teria muitas coisas boas para dizer sobre ele", diz amigo de motociclista morto em acidente, em Caxias - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Tristeza12/08/2019 | 10h50Atualizada em 12/08/2019 | 10h50

"Teria muitas coisas boas para dizer sobre ele", diz amigo de motociclista morto em acidente, em Caxias

César Devitt será sepultado no cemitério do bairro Santa Catarina

"Teria muitas coisas boas para dizer sobre ele", diz amigo de motociclista morto em acidente, em Caxias Arquivo Pessoal/Reprodução/Facebook
Foto: Arquivo Pessoal / Reprodução/Facebook

Um homem que estava sempre de bom humor e motivado. É desta maneira que os amigos descrevem César Devitt, de 37 anos, que morreu na noite deste domingo (11), no Hospital Tacchini, em Bento Gonçalves. Morador de Caxias, ele sofreu um acidente por volta das 17h20min, no km 5 da ERS-444, no bairro Eucaliptos. Devitt ficou gravemente ferido após ter perdido o controle da moto que conduzia enquanto trafegava no sentido Bento Gonçalves-Pinto Bandeira e colidir lateralmente com um Renault Scenic. 

Leia mais
Motociclista de Caxias morre em hospital de Bento após acidente na ERS-444

Eduardo Zanezi, 28, conhecia Cesinha _como Devitt era carinhosamente chamado_ há mais de oito anos. Ele afirma que o amigo gostava de cozinhar, pescar, jogar futebol e de andar de moto. 

_Ele tinha muitos amigos. Tinha uma chácara, onde fazíamos muitos eventos para os amigos. Ele adorava cozinhar, tanto que montou uma cozinha campeira sozinho, do jeito dele. Era um cara batalhador, ia atrás do que queria_ lembra Zanezi. 

Abalado, o amigo conta que no início desse mês ele e Devitt saíram para comemorar o seu aniversário:

_ Toda a semana a gente se via. No sábado, dia 3, que era meu aniversário, ele deixou de ir na pescaria para comemorar comigo. Foi muito divertido, ficarei com uma memória muito boa dele. 

Devitt será velado na sala 2 das Capelas Cristo Redentor de Caxias do Sul. O sepultamento está marcado para as 11h desta terça-feira (13), no cemitério do bairro Santa Catarina. Haverá missa de corpo presente na capela do cemitério às 10h30min. 

_O César sempre dava conselhos bons, era uma pessoa de paz. Era uma pessoa muito especial, teria um milhão de coisas boas para dizer sobre ele. Ele vai fazer muita, muita falta_ desabafa.

Leia também
Nascida no interior de Farroupilha, Maria de Lourdes Anselmi é dona de marca referência em tricô
Conheça o Fome Zero, food trailer em Caxias do Sul


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros