Prefeitura de São José dos Ausentes começa a recuperar ERS-020 - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Infraestrutura 13/08/2019 | 21h20Atualizada em 13/08/2019 | 21h20

Prefeitura de São José dos Ausentes começa a recuperar ERS-020

Cada vez que chove, trecho da rodovia estadual fica praticamente intransitável

Prefeitura de São José dos Ausentes começa a recuperar ERS-020 Divulgação/Prefeitura
Prefeitura de São José dos Ausentes iniciou na segunda-feira o trabalho na rodovia com ajuda de máquinas do Daer Foto: Divulgação / Prefeitura

A chegada de máquinas e trabalhadores na ERS-020, no início de julho, foi um sopro de esperança para os moradores de São José dos Ausentes e de Cambará do Sul de que, depois de mais de dois anos, finalmente, a estrada de chão receberia melhorias. E ainda, que os 3,4 quilômetros que faltavam ser pavimentados de um trecho anunciado seriam concluídos. Mas, a alegria durou poucos dias. Duas semanas depois, veículos e operários se retiraram do local.

Leia mais
ERS-020 tem valas, barro, buracos e nenhuma melhoria
ERS-020, em Cambará do Sul, vai receber R$ 3,5 milhões para concluir obra de asfaltamento

Sem perspectiva de quando o serviço seria feito por parte do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), a prefeitura de Ausentes pediu autorização do órgão, que é o responsável pela manutenção da malha rodoviária estadual, para fazer melhorias no trecho. Na semana passada, o Daer autorizou e a Câmara de Vereadores local também. Na manhã da última segunda-feira, o barulho das máquinas voltou a ser ouvido na estrada.

Prefeitura de São José dos Ausentes faz parceria com Daer para melhorias no trecho não pavimentado da ERS-020
Morador fez imagens da estrada na semana passada quando o barro deixou o trecho intransitávelFoto: Dariel Macedo / Divulgação

Segundo o secretário de Administração e Finanças de Ausentes, Everton Becker, o município fez uma parceria com o Estado e, juntos, formaram uma espécie de força-tarefa, somando esforços de maquinário e servidores. A prefeitura está utilizando uma escavadeira, uma patrola, um caminhão caçamba (ou dois, conforme a necessidade) e empregará ainda um rolo compressor. A comunidade da cidade arrecadou recursos de forma voluntária para o pagamento de óleo diesel. O valor chegaria a R$ 12 mil, segundo uma representante dos moradores.

– Estamos fazendo um mutirão porque, realmente, não tem condição de tráfego – declarou Becker.

A prefeitura diz que o trabalho não será de simples patrolamento. Serão desobstruídas ou reabertas as valetas para permitir o escoamento da água da chuva, já que este é um dos principais agentes causadores de danos na estrada. O trecho será patrolado, colocado cascalho e compactado. O serviço iniciou no ponto mais perto da área urbana de Ausentes, considerado também o mais precário, e seguirá em direção à divisa com Cambará, no total de ... quilômetros. 

Já o chefe da administração municipal de Cambará, Schamberlaen José Silvestre, disse que aguarda um retorno da superintendência do Daer sobre a questão para decidir se como o vizinho Ausentes fará o serviço por conta própria ou não.

Asfalto depende de liberação de recursos

A situação de precariedade da estrada já foi tema de reportagem do Pioneiro no começo de junho deste ano. Questionado, o Daer informou, à época, que o trecho receberia melhorias assim que o contrato de conserva da 15ª Superintendência Regional do Departamento, com sede em São Francisco de Paula, fosse regularizado e que  o contrato aguardava o empenho. 

Desta vez, a resposta do Daer é de que houve a regularização e que a empresa deve entrar em atividade assim que forem liberados os recursos necessários. A partir disso, poderão começar os serviços que devem priorizar os trechos mais críticos das rodovias do Estado. O Daer disse, ainda, por meio da assessoria de imprensa, que autorizou que as prefeituras de Cambará e São José dos Ausentes realizassem melhorias na estrada enquanto tramita um termo de cooperação técnica entre o Departamento e as prefeituras. 

O órgão informou que forneceu duas motoniveladoras e um caminhão para São José dos Ausentes. Nesta semana, se as condições climáticas forem favoráveis, a superintendência deve enviar também uma escavadeira e um rolo compactador.

Sobre o trecho de 3,4 quilômetros a ser pavimentado da ERS-020, cuja obra reiniciou e parou, segundo o Daer, existe uma pendência quanto ao fornecimento de asfalto que está sendo tratada com prioridade pela autarquia. O Departamento não explicou qual é a pendência nem a expectativa de quando o problema será resolvido.

Leia também:
Novos contratos preveem mais verbas ao Hospital Geral de Caxias 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros