Menino com paralisia cerebral precisa de ajuda para comprar alimentação especial em Caxias  - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Saiba como ajudar 30/08/2019 | 08h09Atualizada em 31/08/2019 | 10h47

Menino com paralisia cerebral precisa de ajuda para comprar alimentação especial em Caxias 

Criança de nove anos se alimenta com fórmula especial de suplemento receitada pelo nutricionista 

Menino com paralisia cerebral precisa de ajuda para comprar alimentação especial em Caxias  Arquivo Pessoal/Divulgação
Menino com paralisia cerebral precisa de ajuda para comprar alimentação especial em Caxias Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação

O menino caxiense Yago Guerra de Lima, de nove anos, precisa de uma fórmula especial para se alimentar. Morador do bairro Pôr do Sol, ele teve meningite aos três meses e, em decorrência da doença, teve sequelas, como a hemiplegia flácida esquerda, que paralisou o lado esquerdo do corpo. Ele também foi diagnosticado com autismo e não come nenhum alimento sólido. Até os cinco anos, Yago tomava apenas leite, mas agora precisa de alimentação especial, de acordo com a madrasta, Daniela Prandi Moraes de Lima, 22.

_ A nutricionista que o acompanha receitou uma fórmula especial de suplemento, sem lactose e sem glúten. O Yago precisa de 26 latas dele por mês e nós temos autorização para retirá-lo no Centro Especializado de Saúde (CES) até novembro, mas eles estão sem estoque há três meses _ diz Daniela, afirmando que é possível comprar o suplemento, mas cada lata custa R$ 50.

Ela ressalta que tem feito vitamina com leite e frutas, e até alguns legumes, mas teme que a saúde de Yago fique debilitada. 

— Quando ele tomava apenas leite, sem os nutrientes necessários, ele teve anemia. Estamos preocupados que isso aconteça novamente porque o suplemento tem tudo o que ele precisa. Cada lata custa R$ 50 e não temos condições de comprar. Essa ajuda seria pelo menos até que possamos ingressar na Justiça. Falta apenas um laudo para seguir com o processo — explica Daniela.

A secretaria municipal de Saúde de Caxias do Sul confirma que o suplemento está em falta desde o dia 19 de junho, mas alega que o motivo e a normalização são de responsabilidade do Estado. Já a secretaria Estadual de Saúde esclarece que a licitação desta fórmula nutricional deve ser concluída ainda neste mês. Com isto, a regularização de estoques deve ocorrer com brevidade. O procedimento iniciou em maio, mas já foi impugnado três vezes por fornecedores, gerando atrasos. Para assegurar o atendimento aos pacientes, a secretaria da Saúde está remanejando o estoque entre os municípios até normalizar a situação.

Saiba como ajudar: 

Depósito ou transferência 

Caixa Econômica Federal 
Agência: 4674 
Conta: 00002971-6
Operação 013
Titular: Daniela Prandi Moraes de Lima
CPF: 035.446.360-85  

Banco Itaú
Agência: 6902
Conta: 19029-4
Titular: José Claiton da Costa de Lima
CPF:  018.248.670-26

Leia também
Vacina pentavalente está em falta em Caxias
Tradicional Bar 13 é vendido em Caxias do Sul
Estudantes são convidados à prática de exercícios para o cérebro em Caxias do Sul

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros