Farroupilha pretende criar centro de formação ambiental no Balneário Santa Rita - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Preservação09/08/2019 | 12h16Atualizada em 09/08/2019 | 12h16

Farroupilha pretende criar centro de formação ambiental no Balneário Santa Rita

Local está fechado e a prefeitura pretende incluí-lo em futura unidade de conservação

Farroupilha pretende criar centro de formação ambiental no Balneário Santa Rita Tatiana Cavagnolli/Agencia RBS
Foto: Tatiana Cavagnolli / Agencia RBS

A prefeitura de Farroupilha iniciou os trabalhos para transformar uma área de 100 hectares em uma unidade de conservação ambiental. A proposta inclui o balneário Santa Rita, o Horto Municipal, o Jardim Botânico e a unidade indígena. Uma das iniciativas que devem surgir com esta unificação é a criação de um centro educacional de formação ambiental. 

Conforme o secretário do Meio Ambiente, Tiago Ilha, engenheiros vão fazer a análise de um imóvel que servia de restaurante para averiguar se há condições de ele sediar as atividades. Caso não seja possível, a ideia é erguer outro prédio que será aberto para ações educacionais para escolas, instituições de ensino superior e comunidade em geral. 

Outro investimento previsto é para a criação de um sistema que faria uma espécie de filtragem da água natural ao longo do curso do rio até a chegada ao banhado do balneário. De acordo com Ilha, apesar da poluição, a própria natureza se adaptou à condição.

— Virou um pântano, um banhado. O material orgânico que tem no local ajuda na limpeza. É impressionante a vida que tem no local — comenta. 

O investimento necessário para transformar a área em unidade de conservação ambiental ainda não está definido. Um levantamento começou a ser feito nesta semana para mapear a fauna e a flora na área, além da demarcação das terras. Será o embasamento do plano de manejo. A previsão é que este estudo fique pronto em até 40 dias. 

Depois, um projeto de lei para a criação da unidade será enviado à Câmara de Vereadores. Existe ainda a necessidade de aprovação junto ao Estado e à União. O secretário diz que está otimista de que isso ocorrerá, porque já foram feitas negociações. Na avaliação dele, é possível que a unidade de conservação seja criada em um ano. 

Uma audiência pública será realizada para receber sugestões, inclusive para o nome da área. A ideia neste processo de nomenclatura também é envolver as escolas do município. O secretário salienta que este momento inicial é de envolvimento da comunidade e pede sugestões, inclusive de pesquisadores que já tenham realizado estudos acadêmicos sobre o local.

O balneário Santa Rita já foi um importante ponto turístico de Farroupilha, bastante conhecido pelos passeios de pedalinho no açude. Nos últimos anos, a área entrou em decadência e está fechada há meses. 

Leia também
Mais peixes são encontrados mortos em represa de Caxias
Aprovados R$ 3 milhões para construção do centro de bem-estar animal em Caxias
Estudante mais idosa do UCS Sênior de Canela, Roma Vaccari celebra 90 anos 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros