Acordo prevê 59 equipamentos para fiscalização de velocidade nas rodovias federais da Serra - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Trânsito01/08/2019 | 14h02

Acordo prevê 59 equipamentos para fiscalização de velocidade nas rodovias federais da Serra

Lombadas eletrônicas e pardal serão instalados em 32 pontos de monitoramento

Acordo prevê 59 equipamentos para fiscalização de velocidade nas rodovias federais da Serra Porthus Junior/Agencia RBS
Sete pontos serão monitorados em Caxias Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O acordo entre o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e o Ministério Público Federal (MPF), anunciado nesta semana, prevê a instalação de 58 lombadas eletrônicas e um pardal em rodovias federais da Serra Gaúcha. Ao todo, os equipamentos vão monitorar 32 trechos das BRs 116, 285 e 470.

Leia mais
Lombadas eletrônicas da BR-116, em Caxias do Sul, são ligadas
Lombadas eletrônicas começam a ser reativadas na BR-116, em Caxias

A BR-116 terá, ao todo, 35 lombadas eletrônicas em 20 pontos, entre Vacaria e Picada Café (confira abaixo). Cada redutor de velocidade monitora uma faixa de tráfego. Desse total, 13 lombadas ficarão em Caxias do Sul, nos pontos que já possuíam os aparelhos até 15 de janeiro deste ano. Desde dezembro, os equipamentos anteriores eram substituídos por novos devido à contratação de um novo fornecedor.

Em fevereiro, parte dos aparelhos instalados em Caxias do Sul chegaram a passar por aferição (inspeção para conferir se funcionam corretamente). No início de março, porém, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que as lombadas eletrônicas das rodovias federais não seriam repostas ao fim dos contratos.

Embora a parceria para o controle de velocidade das estradas gaúchas já tivesse sido renovada, o processo de instalação ainda não havia sido encerrado e, por isso, foi suspenso. Nesse período, alguns equipamentos que já marcavam a velocidade chegaram a ser desligados e até mesmo danificados. No entanto, eles foram reparados e voltaram a ser ligados. No início de julho, a reportagem apurou que o Inmetro já havia recebido novos pedidos de aferição das lombadas eletrônicas.

Na BR-470, serão instalados 12 redutores de velocidade nos municípios de Barracão, Lagoa Vermelha e Garibaldi. Ao todo, seis pontos terão a fiscalização. Um deles, no km 3 da rodovia, em Barracão, receberá um pardal (que não mostra a velocidade registrada), em vez de lombada eletrônica. Já na BR-285, serão outros 12 equipamentos também em seis trechos, entre Bom Jesus e Caseiros.

Em nota, o DNIT diz que o acordo "permitiu uma redução do quantitativo de radares, contemplando a instalação de equipamentos nos pontos mais sensíveis, prioritariamente em áreas urbanas". Além disso, o órgão afirma que a implantação também busca a "coerência com a disponibilidade orçamentária".

NOVAS LOMBADAS E PARDAIS

BR-116

Vacaria: cinco lombadas eletrônicas em três pontos
Campestre da Serra: quatro lombadas eletrônicas em três pontos
São Marcos: nove lombadas eletrônicas em cinco pontos
Caxias do Sul: 13 lombadas eletrônicas em sete pontos
Picada Café: quatro lombadas eletrônicas em dois pontos

BR-470

Barracão: oito lombadas eletrônicas e um pardal em quatro pontos
Lagoa Vermelha: uma lombada eletrônica
Garibaldi: duas lombadas eletrônicas em um ponto

BR-285

Bom Jesus: duas lombadas eletrônicas em um ponto
Vacaria: duas lombadas eletrônicas em um ponto
Capão Bonito do Sul: duas lombadas eletrônicas em um ponto
Lagoa Vermelha: quatro lombadas eletrônicas em dois pontos
Caseiros: duas lombadas eletrônicas em um ponto

PONTOS EM CAXIAS (BR-116)

Km 136 (Parada Cristal): dois equipamentos
km 144 (Bairro Castelo): dois equipamentos
km 151 (Bairro Planalto): dois equipamentos
Km 152 (bairro Planalto): um equipamento
Km 154 (bairro Santos Dumont): dois equipamentos
Km 155 (bairro Santa Corona): dois equipamentos
Km 171 (Vila Cristina): dois equipamentos

Leia também
Vereador e assessora de deputado têm desentendimento na Câmara de Caxias
Caxias do Sul será contemplada com recursos do programa Investe Turismo
Estado busca solução com governo federal para reverter saída de Caxias do Mapa do Turismo 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros