"Tive um ganho de 50% depois do início da fiscalização", diz motorista de aplicativo regularizado - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Legislação04/07/2019 | 14h00Atualizada em 04/07/2019 | 18h07

"Tive um ganho de 50% depois do início da fiscalização", diz motorista de aplicativo regularizado

Com início de fiscalização e motoristas a menos, ganho é maior para condutores cadastrados

"Tive um ganho de 50% depois do início da fiscalização", diz motorista de aplicativo regularizado Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Embora muitos motoristas tenham resistência em buscar a regulamentação da atividade em Caxias do Sul, aqueles que já estão cadastrados levam vantagem diante dos demais. Não só porque não correm o risco de arcar com multas de até R$ 504,60 no caso de serem flagrados no descumprimento dos itens estabelecidos por lei (além da retenção do veículo), mas também porque tiveram mais lucros nos primeiros dias de fiscalização. 

Leia mais
Após início da fiscalização, procura por curso de motoristas por aplicativo cresce em Caxias 

É o caso de Fernando Marcos Fávero, que trabalha como motorista há cerca de cinco meses, em turno integral. Desde que se encerrou o prazo de carência sem fiscalização no município, reduziu o número de motoristas em atividade por conta da maioria não possuir cadastro. Com isso, Fávero viu aumentar o número de corridas e o valor recebido por cada uma delas. Isso ocorre porque o valor pago pelas viagens aumenta no caso de um número menor de motoristas estarem em atividade no momento em que um passageiro faz a busca pela corrida no celular.  

— A demanda aumentou muito mesmo desde último o sábado, que foi o primeiro dia além do prazo final. Agora, tive um aumento de 50% ou até mais nos meus ganhos, porque o preço sobe por conta da oferta menor, porque tem poucos motoristas — conta o motorista regularizado.  

Mas independentemente do lucro, Fávero incentiva que os motoristas façam a regulamentação.  

—  O curso foi bem importante, porque revi tudo o que fez parte da habilitação convencional. Eu diria para o pessoal, que apesar de, infelizmente, muitos terem deixado passar o prazo, ainda é interessante se regularizar. A lei tem que ser cumprida – defende.   

Leia também
Polícia prende foragido abordado em fiscalização de trânsito em Bento Gonçalves
Homem é preso por aliciar adolescentes para venda de drogas em frente de escola em Carlos Barbosa  
Após ser flagrado tentando arrombar residência, homem ataca policiais com facão em São Marcos   

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros