Motoristas de aplicativo se reúnem com taxistas em Caxias após registros de chamadas falsas - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Confusão19/07/2019 | 14h40Atualizada em 19/07/2019 | 15h41

Motoristas de aplicativo se reúnem com taxistas em Caxias após registros de chamadas falsas

Condutores ligados a empresas de aplicativos afirmaram que foram acionados para trajeto até a rodoviária e depois tiveram corrida cancelada propositalmente

Motoristas de aplicativo se reúnem com taxistas em Caxias após registros de chamadas falsas Lucas Amorelli/Agencia RBS
Encontro foi na estação rodoviária de Caxias do Sul Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Um encontro entre taxistas e motoristas de aplicativo foi registrado na Estação Rodoviária de Caxias do Sul no final da manhã desta sexta-feira (19). Segundo Diego Lucena, um dos condutores de aplicativo que estava no local, o alvoroço teria começado após motoristas de táxi terem solicitado quatro corridas, via aplicativo, sendo o destino final a rodoviária. Assim que chegavam ao local, as chamadas eram canceladas, segundo os condutores de app. Com isso, um grupo resolveu se unir e ir até a estação conversar com os taxistas. Ele estima que cerca de 50 condutores teriam comparecido ao encontro no final da manhã.

— Depois do quarto motorista ser chamado, a gente (os motorista de aplicativo) decidiu vir aqui conversar com eles (os taxistas) para ver o que estava acontecendo. Eles falaram que não são todos que fazem isso, mas admitiram que alguns fazem — conta. 

Lucena afirma que, apesar de os ânimos terem ficado alterados, a conversa entre motoristas de aplicativo e taxistas ocorreu sem violência. Segundo ele, um acordo verbal para evitar novas provocações teria sido firmado entre as duas categorias. O taxista Valdoir Barcarol, que há 37 anos trabalha no ponto da rodoviária, reforça a posição sustentada por outros colegas: 

— Hoje a gente se resolveu, mas nós só queremos que a prefeitura fiscalize, que o prefeito faça cumprir a lei. Não tem problema o cara trabalhar se tiver legalizado, não sou contra. Só que quem não tiver legalizado não pode trabalhar, não pode ficar tirando o trabalho dos outros.  

Contatado por telefone no início da tarde desta sexta-feira, o presidente do Sindicato dos Taxistas, Adail Bernardo da Silva, afirmou que não sabia do que tinha ocorrido na rodoviária e que não tinha informações sobre esse acordo firmado.

Leia também
Farroupilha terá emissão digital de alvarás a partir de agosto
Carro capota após colisão na Perimetral Sul, em Caxias

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros