Ministério Público faz operação para combater fraude em concurso público em Garibaldi - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Acompanhamento21/07/2019 | 11h05Atualizada em 21/07/2019 | 16h15

Ministério Público faz operação para combater fraude em concurso público em Garibaldi

Operação neste domingo visa combater, por exemplo, o favorecimento de candidatos

Ministério Público faz operação para combater fraude em concurso público em Garibaldi Divulgação / Ministério Público/Ministério Público
Foto: Divulgação / Ministério Público / Ministério Público
Pioneiro
Pioneiro

O concurso público deste domingo (21) em Garibaldi teve uma operação de blindagem iniciada pelo Ministério Público (MP) ainda pela manhã. A ação realizada pelas Promotorias de Justiça de Garibaldi e Especializada Criminal de Porto Alegre, consiste no acesso aos locais de provas por parte de agentes do MP, bem como a cópia de provas, atas, folhas de resposta e demais documentos relativos ao certame.

Participaram dos trabalhos o promotor de Justiça da Especializada Criminal Mauro Rockenbach e o promotor de Garibaldi, Paulo Adair Manjabosco, bem como 25 agentes do MP. Antes do início da operação, o prefeito da cidade, Antonio Cettolin, foi informado a respeito dos trabalhos.

De acordo com o MP, a operação foi articulada para garantir que os melhores colocados sejam, de fato, chamados aos cargos para os quais prestam concurso. 

—Nós recebemos uma documentação que noticiava a ocorrência desse concurso de grande porte, onde estavam inscritos vários funcionários do município. A aprovação pode ser uma forma de elevar esses funcionários à estabilidade. Para uma tranquilidade tanto da Administração, quanto dos candidatos, resolvemos pedir ao Poder Judiciário a autorização para fazer esta blindagem no concurso. Serão aprovados só os candidatos de melhor aproveitamento— esclareceu o promotor de Justiça Mauro Rockenbach, de Porto Alegre, destacando que este tipo de operação ocorre em diversas cidades.

Sobre o concurso

As provas fazem parte da primeira etapa do processo seletivo para preenchimento de 20 cargos junto à prefeitura do município. O concurso conta com 5,7 mil inscritos, divididos entre o Instituto Estadual de Educação Professora Irmã Teofânia e a Faculdade Fisul.

As provas para os cargos de motorista, professor de anos iniciais, professor de educação infantil, professor de artes, professor de ciências, professor de educação física, professor de língua inglesa, professor de língua portuguesa e professor de matemática iniciaram pela manhã. À tarde, prestam concurso os concorrentes às vagas de assistente social, bibliotecário, engenheiro civil, médico clínico geral, médico psiquiatra, médico pediatra, médico veterinário, museólogo, psicólogo, contador e médico obstetra/ginecologista. Em ambos os níveis, as provas têm duração de três horas.

Leia também
Aproveite o domingo de sol: a semana será de muita chuva na Serra
Por semana, mais de 800 pacientes faltam a atendimentos em postos de saúde em Caxias do Sul
Motociclista sem habilitação é preso por embriaguez em Farroupilha


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros