Leitor questiona inclusão de Caxias na Região das Hortênsias. Leias outras cartas - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Seção do leitor08/07/2019 | 06h00Atualizada em 08/07/2019 | 06h00

Leitor questiona inclusão de Caxias na Região das Hortênsias. Leias outras cartas

Opiniões foram publicadas na edição desta segunda-feira do Pioneiro

Leitor questiona inclusão de Caxias na Região das Hortênsias. Leias outras cartas Luan Zuchi/
Foto: Luan Zuchi
Pioneiro
Pioneiro

Dinheiro público
Na última semana o que se debateu na Câmara de Vereadores de Caxias foi o gasto, sem necessidade, com a reforma do gabinete do prefeito, orçada em cerca de R$ 50 mil. Porém, estes mesmos nobres vereadores esqueceram que gastaram R$ 519 mil em tapetes e outros para Câmara, e que, nos últimos três anos, se gastou cerca de R$ 890 mil em cafezinhos na Câmara e prefeitura também. Poderiam dar o belo exemplo de cortar estes gastos, assim como cortar pela metade seus pomposos salários, já que dizem defender a população. Seria uma prova de que são cidadãos exemplares e não políticos de carreira, mas como já conhecemos esses mesmos nobres políticos, a população vai continuar carecendo de recursos para saúde, educação, etc.!
Daniel d Oliveira Leite
Comerciante, Ana Rech

Leia mais
Confira outras publicações do Espaço do Leitor 

Vinho de hortênsias
Estapafúrdio esse intento de enfiar Caxias goela abaixo na região das Hortênsias. Gramado, Canela e Nova Petrópolis souberam construir, ao longo dos anos, uma bem elaborada estratégia turística. Caxias também já teve sua glória, baseada na tradição da uva e do vinho. Mas a miopia da administração pública e a proverbial "falta de verbas" nos deixou nesta situação humilhante de pedir emprestado o sucesso alheio. Mas com "la indústria dei nostri taliani" é bem possível que aqui alguém descubra como produzir vinho a partir das hortênsias. Essa história seria cômica se não fosse ridícula.
Osvaldo Ferreira
Publicitário, Jardim América  

Buracos
Na Avenida Júlio de Castilhos, entre as ruas Vereador Mário Pezzi e a Treze de Maio, o calçamento está virado em buracos devido aos caminhões que fazem a descarga para um supermercado. Gostaria de saber de quem é a responsabilidade em manter a via transitável para os condutores que pagam o IPVA.
Jorge Gomes
Técnico de polímeros, Lourdes

Ao bispo Dom José Gilson
Eu, um dos padres eméritos da Igreja Católica, Apostólica e Romana, acolho com surpresa e um grande prazer clerical esta boa notícia que nos apresenta mais uma belíssima e querida foto de bispo, cercado de lindos coroinhas e mais pessoas risonhas. Quem de nós não gosta de ganhar abraços e doces sorrisos? Até o velho e emérito padre Mariano Callegari, que já enterrou seus 88 anos de vida humana, gosta de ganhar o abraço episcopal do novo bispo Dom José Gilson, que entra na Casa do Padre, através das páginas do querido jornal Pioneiro. Eu fiquei emocionado.
Padre Mariano Callegari
Casa do Padre, Altos do Seminário 

Compartilhe suas opiniões com o Pioneiro. Você pode enviar cartas com até 200 caracteres ou artigos com até 2.100 caracteres para o e-mail leitor@pioneiro.com. Não esqueça de enviar seu nome completo, profissão, endereço, telefone e número do CPF. Os textos estão sujeitos a edição.  

Leia também
Para líder na Câmara, R$ 50 mil na reforma do gabinete de Daniel Guerra não é desperdício
Vereadores questionam obras no gabinete do prefeito de Caxias do Sul
Trânsito ficará em meia pista na Rua Ludovico Cavinatto, em Caxias, durante esta segunda 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros