Em assembleia, metalúrgicos de Caxias do Sul rejeitam proposta de reajuste salarial do Simecs - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Serra20/07/2019 | 12h42Atualizada em 20/07/2019 | 14h08

Em assembleia, metalúrgicos de Caxias do Sul rejeitam proposta de reajuste salarial do Simecs

Trabalhadores decidiram buscar aumento além do índice de 4,78% apresentado por sindicato patronal  

Em assembleia, metalúrgicos de Caxias do Sul rejeitam proposta de reajuste salarial do Simecs Marcelo Passarella/Rádio Gaúcha Serra
Trabalhadores decidiram buscar aumento além do índice de 4,78% apresentado por sindicato patronal Foto: Marcelo Passarella / Rádio Gaúcha Serra

Centenas de trabalhadores participaram da assembleia realizada no Sindicato dos Metalúrgicos na manhã deste sábado (20), em Caxias do Sul. Eles decidiram rejeitar a proposta de reajuste salarial de 4,78% apresentada pelo Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Caxias do Sul (Simecs).  

 Leia mais
Sindicatos se preparam para negociação salarial de metalúrgicos em Caxias e região  

O índice corresponde ao repasse do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Até agora, três reuniões foram realizadas com o sindicato patronal, nos dias 11, 18 e 25, para discutir o dissídio.  

Segundo o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Assis Melo, o índice é insuficiente diante das perdas no poder de compra dos trabalhadores ao longo dos últimos anos.  

— A partir da próxima semana, vamos tratar com as empresas, por grupo, para evoluir no sentido de buscar aumento real e comunicar oficialmente o sindicato patronal da decisão da assembleia. Desde as primeiras tratativas, nós apresentamos as perdas no poder de compra dos trabalhadores e queremos ver com os empresários como vamos superar essas dificuldades — comenta Assis.   

As negociações abrangem 3.053 empresas e 48.145 trabalhadores dos municípios de Caxias do Sul, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Nova Pádua, Nova Roma do Sul e São Marcos.

— Ainda não fomos oficialmente comunicados pelo sindicato. Normalmente, depois da assembleia, há esta conversa para uma posição oficial. Em princípio, nosso posicionamento é que já fizemos a reposição da inflação. É aguardar e ver os próximos passos da negociação — aponta Gustavo Souto Polese, coordenador a comissão de relações de trabalho do Simecs.

Leia também
Cenário conta com nove candidaturas à prefeitura de Bento Gonçalves
Faltam médicos em quase metade dos postos de saúde de Caxias do Sul
Procon Caxias aplica mais de R$ 1,5 milhão em multas a três empresas  



 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros