Ainda há tempo de defender as bancas na Praça Dante - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Comunidade12/07/2019 | 20h39Atualizada em 12/07/2019 | 20h39

Ainda há tempo de defender as bancas na Praça Dante

Leia a opinião de Ciro Fabres

Ainda há tempo de defender as bancas na Praça Dante Felipe Nyland/Agencia RBS
Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

A polêmica das bancas vai voltar à pauta nos próximos dias. A coluna está antecipando para que o debate retorne a tempo dos encaminhamentos que forem entendidos como os mais adequados.

Leia mais colunas de Ciro Fabres

No dia 24, completam-se os três meses de prazo negociados entre as partes — permissionários de bancas e prefeitura — e o Ministério Público para encontrar-se uma solução razoável.

Uma banca da Praça Dante já foi demolida. A outra está ao abrigo de uma liminar que interdita qualquer alteração na praça sob justificava de necessidade de autorização da Câmara de Vereadores para implementar o projeto da prefeitura. 

As outras três bancas, porém, estão ao desabrigo de qualquer liminar: as da Praça João Pessoa, do Postão e da Alfredo Chaves. Para essas, a ordem da prefeitura é para simples desocupação devido a pendências, que não são reconhecidas pelos permissionários. Mas, se o prazo vencer, e nenhum fato novo surgir, a chance de fechamento dessas três bancas é muito grande.

Esta semana, a Câmara homenageou Rogério de Mello, permissionário da banca São Pelegrino, da Praça João Pessoa. Houve mobilização de pessoas da comunidade. A homenagem foi proposta pelo vereador Rafael Bueno (PDT). Sem uma reação firme da comunidade, sem um fato novo, sem uma interveniência judicial, essas três bancas devem ser fechadas ainda este mês.

Leia também
Medeiros, tradicional comércio no Sagrada Família, completa 60 anos neste sábado
Aluno do curso de Cozinheiro do Senac de Caxias vence competição estadual
Projeto deve vetar participação de vereadores de Caxias em concursos públicos municipais

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros