Sem aula, estudantes são dispensados em Farroupilha - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Falta de professores04/06/2019 | 10h30Atualizada em 04/06/2019 | 10h30

Sem aula, estudantes são dispensados em Farroupilha

Escola organizou horários para otimizar aproveitamento em sala de aula

Sem aula, estudantes são dispensados em Farroupilha Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

A falta de professores no quadro da Escola São Tiago, de Farroupilha, têm resultado na liberação de algumas turmas em determinados dias da semana. A medida foi adotada pelo educandário para otimizar o aproveitamento dos estudantes que vão até a escola.

As turmas mais afetadas são as da manhã, que totalizam 550 alunos e aguardam reposição na disciplina de química, e à noite, onde cerca de 380 estudantes estão sem professores de química, sociologia, filosofia e matemática. O quadro da tarde foi preenchido recentemente e áreas como a limpeza, cozinha e a secretaria também estão com falta de efetivo.

Leia mais
Rede estadual de Caxias e região ainda registra falta de professores
Após protestos pela falta de professores na rede estadual em Farroupilha, 4º CRE afirma que está contratando
Estudantes protestam contra falta de professores em Farroupilha

— Indiretamente todos estão sendo afetados porque a secretaria é responsável pelo fechamento de notas, por exemplo — explica a vice-diretora do turno da manhã, Miqueli Picinin.

Outro fator que têm limitado o número de professores disponíveis na São Tiago, bem como em toda a rede, é uma restrição imposta recentemente pelo Estado diante de novas contratações. Até o ano passado, os profissionais podiam atuar em disciplinas que fossem referentes a sua área de formação. Neste ano, a orientação é que os professores sejam contratados apenas para as disciplinas nas quais possuam habilitação.

As demandas de filosofia e sociologia da escola, por exemplo, não puderam ser supridas por um professor de história que tinha interesse na vaga. Diante do contexto atual, Miqueli acredita que esta medida prejudica a reposição do quadro de efetivo.

— Estamos precisando de professor, se fossem aceitos por área, facilitaria o fechamento das cargas horárias — avalia.

Leia mais
Professores temporários começam a ser chamados para a rede estadual na Serra Falta de professores nas escolas estaduais de Caxias assusta pais, alunos e diretores VÍDEO: estudantes de escola da rede estadual de Farroupilha reclamam da falta de professores Escola de Farroupilha sofre com a falta de professores em nove disciplinas  

A limitação dos contratos para dezembro também têm feito com que muitos professores nem cheguem a se inscrever, segundo ela.

— O Estado demora três meses para pagar o primeiro salário e o professor vai ser demitido em dezembro, então muitos acabam nem querendo se inscrever — relata a vice-diretora.

A escola São Tiago atende 1,2 mil alunos, de praticamente todos os bairros de Farroupilha. A situação preocupa estudantes como Guilherme Dolne, 16, que está cursando o 2º ano do Ensino Médio da escola, no turno da noite.

Morador do bairro Cinquentenário, o jovem diz que está desde o início com falta de professores e que, há pelo menos três semanas, é liberado em um dia a cada semana conforme cronograma organizado pela escola.

— Estamos terminando o trimestre e não temos o fechamento das notas.

 Leia também
Incêndio atinge casa no bairro Mariani em Caxias do Sul 
Gestão de mobilidade urbana em Caxias vai na contramão do que é adequado, dizem especialistas
UPA nega que mãe procurou atendimento para filho queimado em Caxias
Saiba quem são os presidentes de bairros eleitos em Caxias do Sul

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros