Estudantes de escola de Caxias do Sul são transferidos para capela mortuária - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Ensino05/06/2019 | 08h48Atualizada em 05/06/2019 | 09h36

Estudantes de escola de Caxias do Sul são transferidos para capela mortuária

Medida foi definida temporariamente pela prefeitura antes de alunos serem encaminhados para outro prédio

Estudantes de escola de Caxias do Sul são transferidos para capela mortuária Antonio Valiente/Agencia RBS
Estudantes de escola de Caxias do Sul são transferidos para capela mortuária Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS

Dezessete estudantes do 4° e 5° ano da Escola Municipal da Ensino Fundamental Professora Arlinda Lauer Manfro, no bairro Galópolis, em Caxias do Sul, foram transferidos nesta quarta-feira (5) para uma sala de aula improvisada, cedida pela comunidade da região, junto à Igreja de São João da 4º Légua. A medida emergencial foi definida antes do encaminhamento do total de 62 estudantes da instituição de ensino para um prédio que funciona atualmente como Centro de Eventos da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer.

Leia mais
Pais reclamam de possibilidade de filhos terem aula em capela mortuária em Caxias do Sul

De acordo com a Secretaria da Educação, a medida visa garantir a segurança dos alunos, pois a escola está com deficiências estruturais. O assoalho da sala em que os alunos do 4º e 5º ano estudam está cedendo. Segundo a direção da escola, a opção pela transferência para o local, que já foi uma capela mortuária, partiu dos próprios pais, e possui estrutura física adequada para a realização das aulas. No entanto, na terça-feira (04), os pais reclamaram dessa possibilidade. O descontentamento, inclusive, motivou uma reunião na noite de terça.

A reunião também discutiu a possibilidade de reforma para manutenção das atividades da escola, que atende a várias comunidades próximas. O Centro de Eventos que vai sediar as aulas no segundo semestre conta com salas de aula, refeitório, sala multiuso e área externa para a prática de atividades físicas. O transporte para os estudantes também será mantido pela prefeitura.  

Leia também
Comércio caxiense apresenta primeiro índice positivo no ano em abril
Em pouco mais de um mês da Campanha do Agasalho, Caxias do Sul arrecada 70 mil doações
Caxias passa a contar com mais três casas lares a partir de julho  

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros