Caso do homem molhado por seguranças, em Caxias, terá primeira audiência - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Praça Dante19/06/2019 | 16h20Atualizada em 19/06/2019 | 16h20

Caso do homem molhado por seguranças, em Caxias, terá primeira audiência

Dois seguranças são acusados de injúria

Caso do homem molhado por seguranças, em Caxias, terá primeira audiência Reprodução/
Foto: Reprodução

A primeira audiência do caso do homem que foi molhado por seguranças de uma empresa de zeladoria na Praça Dante Alighieri, em Caxias, foi marcada para o dia 2 de julho. A sessão está prevista para ocorrer no Juizado Especial Criminal, às 15h. Devem ser ouvidos a vítima Irineu Seibert, 57 anos, e os dois réus, Alex Sandro Gonçalves Moraes, sócio proprietário da Fagundes Serviços de Zeladoria Ltda, e Douglas Luiz Alves Noronha da Silva, funcionário da empresa. Eles são acusados por constrangimento ilegal.

Leia mais
Homem molhado por seguranças na Praça Dante, em Caxias, entra com ação na Justiça por danos morais
Seguranças que molharam homem em Caxias do Sul podem ser responsabilizados
Vídeo que circula nas redes sociais mostra idoso sendo molhado por seguranças em Caxias   

O caso ganhou repercussão depois da divulgação de um vídeo em rede social que mostra os seguranças utilizando uma mangueira para molhar o idoso no banheiro público da praça na madrugada do dia 7 de janeiro. Um segundo vídeo apresentado durante a investigação policial revela que a ação começou ainda dentro de uma das cabines do banheiro masculino. Os vigilantes direcionam jatos d'água no rosto de Seibert, enxotam a vítima do local, reclamam do cheiro dele e o xingam.

Emanuel Stopassola, advogado de Seibert, atuará como assistente de acusação. Ele explica que em casos como este, de crimes de menor potencial ofensivo, pode ocorrer uma espécie de acordo entre as partes. Mas, diz que não falou com Seibert ainda sobre isso. 

A empresa foi contratada pela prefeitura, via Secretaria Municipal da Cultura, de forma terceirizada, para garantir a segurança dos enfeites natalinos que decoravam a praça até a primeira semana de janeiro. 

Leia também:
Sindilojas não desiste de flexibilização de estacionamento no centro de Caxias do Sul


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros