Canil Municipal de Caxias registra mais de 460 adoções em dois anos - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Adoção de animais17/06/2019 | 10h52Atualizada em 17/06/2019 | 11h49

Canil Municipal de Caxias registra mais de 460 adoções em dois anos

Espaço abriga cerca de 800 bichos

Canil Municipal de Caxias registra mais de 460 adoções em dois anos Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS
Gaúcha Serra

O Canil Municipal de Caxias do Sul abriga cerca de 800 animais. O dado é da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma), responsável pelo local. Conforme a Semma,  foram mais de 460 adoções registradas desde 2017. 

Segundo a diretora do Departamento de Proteção e Bem-Estar Animal da Secretaria do Meio Ambiente, Marcelly de Souza Paes, os números aumentaram em decorrência da campanha "Adote por amor", lançada pela equipe que é responsável pela pasta. Conforme os dados da Secretaria do Meio Ambiente, em 2016 foram realizadas apenas 60 adoções durante o ano. Devido ao crescimento na procura, o Canil sofreu ampliação no horário e está atendendo das 13h às 16h, aos sábados. 

Em relação ao número de adoções realizadas mensalmente, Marcelly diz que depende da estação do ano.

— Tem meses que realizamos a adoção de 20 animais. Em outros, cinco. Isso depende da época e da estação do ano. Nas férias de julho e no final do ano, por exemplo, as adoções caem. Entretanto, no resto do ano ficam na mesma média — explica a diretora do Departamento de Proteção e Bem-Estar Animal. 

Leia mais:
Licitação para o Centro de Bem-Estar Animal de Caxias será lançada nos próximos meses
Prefeitura encaminha projeto que cria Código de Proteção Municipal dos Animais de Caxias do Sul
Canil Municipal terá horário ampliado nos sábados
Início de construção de centro de bem-estar animal em Caxias ficará para 2019

Todos os cães e gatos recolhidos em ações de resgate da Semma são encaminhados ao Canil Municipal. No local, os animais são chipados, castrados e vacinados. Então, ficam prontos para a adoção.

Atualmente, o Canil Municipal conta com 12 funcionários de limpeza, uma estagiária de veterinária e dois veterinários. Até o final do ano, há expectativa de início na construção do centro de bem-estar animal. O projeto está na Secretaria do Planejamento (Seplan), em fase de orçamento. A expectativa é que até o final do mês ele retorne para a Semma, que fará a inclusão e envio para a Central de Licitações (Cenlic).

— Todos os animais vão sair da corrente e, com isso, vamos proporcionar maior qualidade de vida a eles. Além disso, também facilitará na parte de adoção, pois as pessoas conseguirão circular mais pelo espaço. Enfim, é uma mudança com melhoras imensuráveis.

Segundo a diretora do Departamento de Proteção e Bem-Estar Animal, já foram realizadas melhorias no atual espaço, desde ração até o número de veterinários disponíveis para atender os bichanos. Conforme Marcelly, o trabalho é feito para oferecer o mínimo de conforto aos animais.  

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros