Bom Princípio tem oito casos de dengue contraídos dentro do município - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Autóctones 25/06/2019 | 11h39Atualizada em 25/06/2019 | 11h39

Bom Princípio tem oito casos de dengue contraídos dentro do município

Outras sete cidades da área de abrangência da 5ª CRS têm registros de pacientes com a doença neste ano

Bom Princípio tem oito casos de dengue contraídos dentro do município Patrick Rodrigues/Jornal de Santa Catarina
21 cidades da área de abrangência da 5ª CRS são consideradas infestadas pelo mosquito Aedes aegypti Foto: Patrick Rodrigues / Jornal de Santa Catarina

O único município da área de abrangência da 5ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), com sede em Caxias do Sul, que tem casos autóctones de dengue neste ano, até essa terça (25), é Bom Princípio. A cidade, entre a Serra e o Vale do Caí, tem oito pacientes que contraíram a doença dentro do próprio território. 

Conforme a enfermeira Marta Royer, coordenadora da Vigilância Epidemiológica e Ambiental do município, os registros começaram a surgir no início de abril. Embora a suspeita seja de que o primeiro paciente tenha contraído dengue em outra cidade, o caso acabou relatado como autóctone. Outros sete surgiram depois. De acordo com a enfermeira, todos são moradores ou frequentadores da Vila Schmitd. Um deles, inclusive, é o filho do primeiro paciente que apresentou sintomas de dengue. Segundo Marta, desde maio não há novos diagnósticos. Por isso, acredita que a situação está controlada.

Após os registros, o município fez um trabalho de aplicação de inseticida e reforço no monitoramento na Vila Schmitd. Em outras regiões seguiu a atuação normal, com foco na prevenção, e com visitas de agentes de saúde e de endemias para verificação de possíveis focos.

Leia mais
Quase 40% dos municípios da Serra estão infestados pelo mosquito da dengue
Seis municípios da Serra receberão recursos estaduais para combate ao Aedes aegypti
Sobe para 32 o número de focos do mosquito Aedes aegypti em Caxias do Sul

Além de Bom Princípio, outros sete municípios de abrangência da 5ª CRS têm casos confirmados de dengue. Todos eles foram contraídos fora das cidades onde os pacientes moram. Caxias do Sul tem quatro casos. Gramado e Bento Gonçalves, polos turísticos da Serra, têm dois casos cada. Os demais registros foram em Canela, Boa Vista do Sul, São Marcos e Veranópolis, com um infectado cada. 

— Nenhum caso chegou à situação mais grave, que é a dengue hemorrágica, e não tivemos nenhuma morte. Mas isso é um indicativo de que temos o vírus circulante —  comenta o coordenador da Vigilância Ambiental da 5ª CRS, Patrício Rivero.

De 49 municípios que compõem a 5ª CRS, 21 são considerados infestados pelo mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, do zika vírus e da febre chikungunya. A classificação é usada quando dois focos são encontrados em um raio de 150 metros, explica Rivero. Ele diz que, quando uma cidade entra nesta lista, deveria ampliar o número de agentes de endemias, mas que esta é uma dificuldade enfrentada por causa da destinação de recursos.

Se por um lado as políticas públicas são necessárias, a atitude individual também é necessária. A principal orientação é não deixar água parada. 

Municípios infestados: Antonio Prado, Bento Gonçalves, Bom Princípio, Canela, Carlos Barbosa, Caxias do Sul, Farroupilha, Feliz, Garibaldi, Gramado, Guaporé, Nova Araçá, Nova Bassano, Nova Petrópolis, Nova Prata, Paraí, São Marcos, Vacaria, Veranópolis, Vila Flores e São Jorge.

Leia também
Inscrições para concurso do TRF-4, com salários de até R$ 16 mil, se encerram nesta quarta-feira
Agendamentos de consultas serão informados por mensagem de celular pela prefeitura de Flores da Cunha
Três suspeitos são presos por assassinato de professor em Caxias do Sul

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros