Menina com doença que provoca deformação na coluna precisa de ajuda em Caxias  - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Solidariedade 14/05/2019 | 16h20Atualizada em 14/05/2019 | 16h20

Menina com doença que provoca deformação na coluna precisa de ajuda em Caxias 

Crisciane Andreatta dos Santos, 14 anos, passou por cirurgia, mas precisa de cuidados diários 

Menina com doença que provoca deformação na coluna precisa de ajuda em Caxias  Facebook/Reprodução
Foto: Facebook / Reprodução

A adolescente  caxiense Crisciane Andreatta dos Santos , 14 anos, enfrenta uma luta diária pela vida. Recém nascida, com três dias, ela foi diagnosticada com enterocolite necrosante, que é uma inflamação no intestino, comum em recém-nascidos prematuros, e passou por cirurgia para retirada do intestino grosso. A parada cardiorrespiratória sofrida no mesmo período deixou sequelas neurológicas na menina. Cris, como é chamada pela família, não caminha e fala poucas palavras. 

A situação piorou no início de 2016 quando ela foi diagnosticada com a escoliose, doença que causa deformação na coluna. A família travou uma batalha para conseguir que a cirurgia realizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) fosse realizada com urgência porque o caso era grave. O procedimento ocorreu em setembro daquele ano. A família também contou com a solidariedade de diversas pessoas que fizeram doações para seguir com os cuidados no pós-operatório da menina. 

Leia mais:
Família de menina com doença grave busca ajuda para pós-operatório em Caxias

Passados quase três anos, Cris já passou por mais quatro procedimentos, porque o corpo dela teve rejeição aos pinos colocados na coluna. Para evitar problemas maiores, os pinos foram retirados há um ano, mas devido a falta de calcificação a menina tem lesões na coluna, e precisa usar um colete. Os gastos são altos porque Cris precisa de dois pacotes de fraldas por dia. Ela usa a Natural Master, tamanho M, e também usa toalhas umedecidas. Além disso, toma Mucilon, Neston e Sustagen. 

A mãe de Cris, Sílvia Andreatta, conta que está desempregada e precisa de ajuda para manter os cuidados diários com a filha, e até mesmo de uma oportunidade para retornar ao mercado de trabalho. 

— As contas estão acumulando e passamos por dias difíceis. Somos apenas eu e ela. Se alguma empresa de ônibus quiser me dar uma oportunidade de trabalhar vou poder cuidar melhor da minha filha  _ desabafa, ela. 

Para arrecadar recursos, Sílvia conta com a ajuda de amigos e organizou um almoço que está programado para o dia 09 de junho às 12h30min.  O evento ocorre no salão da Associação Beneficente Antonio Mendes Filho, na Rua Coronel Antônio Mendes Filho, 321, no bairro Kaiser. O ingresso está R$ 30,00. 

— Preciso de ajuda para arrecadar os brindes e também para vender os ingressos. 

Mesmo com as despesas com a saúde da menina, a solidariedade faz parte da vida de Sílvia. Há cerca de seis anos, ela e mais cinco amigas começaram a distribuir sopas para moradores de ruas nas noites de inverno.  Hoje ela lidera outro projeto o Caxias sem Frestas para aquecer casas localizadas em áreas mais pobres da cidade. 

COMO AJUDAR

:: Para vender os ingressos, comprar ou doar brindes podem entrar em contato pelo fone (54) 99105-7068

:: Em forma de depósito ou transferência para a conta 3243-4, agência 3712, operação 013, Caixa Econômica Federal, em nome de Silvia Andreatta, CPF: 574.886.810-53

:: Entrando em contato pela página no Facebook Crisciane Uma Lição de Vida. 

:: Com fraldas (Cris usa um pacote por dia) e suplementos.

Leia também:
Vaticano reconhece como venerável o Frei Salvador Pinzetta, que viveu em Flores da Cunha
Campanha do Agasalho de Bento Gonçalves terá "termômetro" de doações
Polícia Civil prende homem que rompeu tornozeleira eletrônica em Veranópolis


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros