Lançada licitação para escola do loteamento Campos da Serra, em Caxias do Sul - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Demanda antiga02/05/2019 | 14h30Atualizada em 02/05/2019 | 14h33

Lançada licitação para escola do loteamento Campos da Serra, em Caxias do Sul

Prevista no projeto habitacional, instituição não saiu do papel oito anos após condomínio ser criado

Lançada licitação para escola do loteamento Campos da Serra, em Caxias do Sul Andréia Copini/ Divulgação/
Primeiros apartamentos do Campos da Serra foram inaugurados em 2011 e, os últimos, em 2016 Foto: Andréia Copini/ Divulgação

Aguardada desde a inauguração do Campos da Serra, em Caxias do Sul, a escola que atenderá o loteamento ainda não saiu do papel em oito anos de inauguração dos primeiros apartamentos, em 2011. Agora, a prefeitura está finalmente lançando o edital de licitação para construir a instituição de ensino, que estava prevista no projeto habitacional do programa Minha Casa Minha Vida. 

As propostas serão abertas no dia 4 de junho, às 9h. Embora a data e horário estejam informadas no Diário Oficial Eletrônico de Caxias do Sul desta quinta-feira (2), o edital não estava publicado na página de licitações da prefeitura na internet até o início da tarde.

Leia mais
Escola do loteamento Campos da Serra, em Caxias, muda de sede e perde turno integral
Caxias terá novos serviços de assistência social no Campos da Serra e Esplanada
Menino com doença que o impede de caminhar consegue mudança para apartamento térreo

Sem a escola no Campos da Serra, crianças e adolescentes que moram no loteamento são atendidas pelo transporte escolar do município e levadas para escolas em diferentes bairros. Ao longo dos últimos anos, o custo anual desse transporte tem ficado em torno de R$ 1 milhão.

Até o fim de 2018, 120 alunos vinham sendo atendidos na Universidade de Caxias do Sul (UCS), mas a instituição pediu de volta o local que abrigava a escola municipal Leonel Brizola. Com isso, esses estudantes perderam o turno integral, já que participavam de oficinas oferecidas em diferentes espaços na universidade.

Alunos da Leonel Brizola perderam o espaço que tinham na UCS até o fim do ano passadoFoto: Suelen Mapelli / Gaúcha Serra

Agora, a Leonel ocupa, no turno da tarde, o prédio da Escola Estadual de Ensino Fundamental Ivanyr Euclínia Marchioro, no bairro Jardelino Ramos, que funciona apenas pela manhã. No turno da tarde, todos os alunos são do loteamento Campos da Serra, que somam 98 estudantes do 6º ao 9 ano do Ensino Fundamental matriculados na rede municipal, segundo dado da Secretaria da Educação do município. Ou seja, a direção, professores e alunos da escola estadual ocupam o prédio apenas pela manhã e não chegam a se encontrar com a direção, professores e alunos da escola municipal, que chegam à tarde.

Leia mais
MP solicita informações à prefeitura de Caxias sobre prédios no loteamento Campos da Serra

Os últimos 320 apartamentos do Campos da Serra foram entregues em março de 2016. Na época, o motivo apresentado pela prefeitura para ainda não haver escolas no local era de que recursos para a construção estavam travados no Governo Federal.

A nova escola será construída com recursos do município, de acordo com a Secretaria de Educação. O projeto prevê que ela atenda em torno de 500 alunos por turno, e a última estimativa de custo para a construção informada pela prefeitura, no fim do ano passado, era de R$ 6 milhões, aproximadamente.

Leia também
Ex-secretário saiu do Governo Guerra por ser contra transformação da secretaria de esporte em departamento
Dia D vacinação contra gripe ocorre neste sábado na Serra Gaúcha

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros