Idoso morre após colisão entre carro e caminhão na ERS-122, em Flores da Cunha - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Trânsito22/05/2019 | 09h02Atualizada em 22/05/2019 | 12h38

Idoso morre após colisão entre carro e caminhão na ERS-122, em Flores da Cunha

Acidente ocorreu no km 97

Idoso morre após colisão entre carro e caminhão na ERS-122, em Flores da Cunha André Fiedler/agencia RBS
Acidente ocorreu no km 97 da ERS 122 desta quarta-feira (22) Foto: André Fiedler / agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Uma colisão entre um carro e um caminhão resultou na morte de um idoso de 70 anos no início da manhã desta quarta-feira (22), em Flores da Cunha. O acidente ocorreu por volta das 6h10min, no km 97 da ERS-122, no bairro Lagoa Bela, no sentido Flores da Cunha-Antônio Prado.

Samuel Rech estava na carona do Gol, com placas de Vacaria, que era conduzido pela esposa, Zulmira Verônica Bortolotto Rech, 60 anos. A mulher ficou ferida e foi socorrida pelos bombeiros ao hospital de Flores da Cunha. Conforme a instituição, ela tem quadro de saúde estável e está consciente. Segundo a Polícia Civil, o casal era natural de Antônio Prado e atualmente morava em Vacaria. Os policiais ainda não sabem, porém, para onde eles se deslocavam.

O motorista do caminhão, Elton Tofolo, 40 anos, de Farroupilha, disse que trafegava rumo à Vacaria e foi surpreendido pelo automóvel, que saía da estrada utilizada como desvio do pedágio.

— Eu seguia no sentido Flores da Cunha para Antônio Prado e a senhora atravessou a pista. Quando ela já tinha atravessado, voltou pra pista de novo, aí peguei ela de frente, não teve o que fazer — relatou o Tofolo, afirmando que ela teria feito a segunda manobra de retorno na mesma velocidade com que atravessou a pista inicialmente:

— Tentei tirar o veículo, mas pegou no canto da frente e girou o carro na pista — comenta.

O trânsito não chegou a ficar interrompido devido ao acidente porque os veículos pararam fora da pista. Conforme o Grupo Rodoviário de Farroupilha, esta é a sexta morte em acidente registrada neste ano na ERS-122, na Serra, a primeira neste ponto, que também não teve mortes em 2017 e 2018. Desde o início do ano, outras 79 pessoas ficaram feridas nos 81 acidentes registrados na rodovia.

Leia também  
Câmara de Caxias manifesta descontentamento com possível reajuste no salário do presidente do Banrisul 
Projeto que prevê cooperação entre Executivo e órgãos universitários pode virar lei em Caxias

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros