Dois anos após incêndio que matou idosas, obras em novo asilo de Vacaria estão 50% concluídas - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Melhoria27/05/2019 | 08h02Atualizada em 27/05/2019 | 08h02

Dois anos após incêndio que matou idosas, obras em novo asilo de Vacaria estão 50% concluídas

A expectativa é que a nova estrutura seja entregue entre outubro e novembro deste ano

Dois anos após incêndio que matou idosas, obras em novo asilo de Vacaria estão 50% concluídas Maicon Maciel/Divulgação
Foto: Maicon Maciel / Divulgação

Próximo de completar dois anos do incêndio que destruiu o Asilo Santa Isabel em Vacaria e matou duas idosas, as obras do novo prédio estão 50% concluídas, conforme a Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo, que supervisiona a construção. A expectativa é que a nova estrutura seja entregue entre outubro e novembro deste ano. O incidente que consumiu o antigo prédio ocorreu no início da tarde do dia 1º de junho de 2017. Na ocasião, o asilo abrigava 47 idosos, incluindo as duas mulheres que morreram, Alzira Melo dos Santos, de 75 anos, e Silvonia Borre, de 64. 

Conforme o setor de engenharia da prefeitura de Vacaria, o projeto elaborado por uma equipe de arquitetas e engenheiros voluntários compreende mais de 30 ambientes, incluindo recepção, sala para doações, banheiros, refeitórios, cozinha, lavanderia e 16 suítes. O projeto ainda prevê a construção de uma capela. 

 Leia mais
"Fui salva por Deus", diz irmã que morava no asilo que pegou fogo em Vacaria
Moradores de asilo destruído pelo fogo em Vacaria são transferidos para novo abrigo
Governo do Estado repassa R$ 500 mil para reconstrução de asilo que pegou fogo em Vacaria   
VÍDEO: testemunhas relatam movimentação de fuga e resgate em incêndio em asilo de Vacaria
Um dia depois do incêndio que matou duas idosas em Vacaria, comunidade se mobiliza para ajudar
Duas mulheres são encontradas mortas em asilo de Vacaria  

Ao contrário do antigo prédio, o novo imóvel terá somente um andar com capacidade para atendimento de até 50 pessoas. Ainda segundo a prefeitura, já foram concluídas as estruturas em concreto e dado início as alvenarias, rebocos, instalações elétrica, hidrossanitária e hidráulica. 

O novo prédio é construído no mesmo local do antigo asilo, atrás do abrigo Divina Providência, com acesso pela Rua Teodoro Camargo.

_ A obra está bem adiantada. O que facilitou é que o recurso está todo depositado, o que geralmente é o mais difícil_  explica o secretário de Planejamento e Urbanismo de Vacaria, João Alfredo Acauan Filho, reforçando que o custo inicial estimado para a obra se mantém em R$ 2,1 milhões, vindos dos governos federal e estadual, prefeitura, Câmara de Vereadores e doações da comunidade e iniciativa privada. 

Prestes a completar dois anos do incêndio que destruiu o Asilo Santa Isabel em Vacaria e matou duas idosas, as obras do novo prédio estão 50% concluídas, conforme a Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo, que supervisiona a construção. A expectativa é que a nova estrutura seja entregue entre outubro e novembro deste ano. O incidente que consumiu o antigo prédio ocorreu no início da tarde do dia 1º de junho de 2017. Na ocasião, o asilo abrigava 47 idosos, incluindo as duas mulheres que morreram, Alzira Melo dos Santos, de 75 anos, e Silvonia Borre, de 64.
Foto: prefeitura de Vacaria / Divulgação

Atualmente, 35 idosos utilizam os serviços do Asilo Santa Isabel. Eles estão acomodados em um imóvel no bairro Fátima. A casa provisória, onde funcionava o antigo albergue, recebeu melhorias para atender os moradores até que o novo prédio seja construído e ocorra toda a mudança. Dezoito funcionários trabalham no local. 

A assistente social do Asilo Santa Isabel, Cristiane Ciota, lembra o apoio da comunidade desde o dia do incidente:

— Recebemos tantas doações de fraldas, à época, que temos estoque ainda, mesmo quase dois anos depois. Agora que elas estão acabando. Também temos muitas visitas de escolas e dos moradores — diz.

Conforme a assistente social, doações de alimentos e fraldas (principalmente nos tamanhos G e XG) são sempre bem-vindas. As entregas podem ser combinadas pelo telefone (54) 3231.1830 ou feitas diretamente no endereço Rua Cláudio Rech, número 123, bairro Fátima. 

Leia também
Jovem de 22 anos morre em acidente envolvendo motocicleta em Caxias do Sul
Homem perde mais de R$ 4,6 mil em golpe envolvendo o falso sequestro da filha em Caxias 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros