"Tinha recém trocado o cheque" diz homem que perdeu mais de R$ 2 mil em incêndio em Caxias - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Prejuízo23/04/2019 | 14h28Atualizada em 23/04/2019 | 14h28

"Tinha recém trocado o cheque" diz homem que perdeu mais de R$ 2 mil em incêndio em Caxias

Autônomo trabalhava na casa que acabou sendo consumida pelo fogo na manhã desta terça-feira

"Tinha recém trocado o cheque" diz homem que perdeu mais de R$ 2 mil em incêndio em Caxias Milena Schäfer  / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Milena Schäfer / Agência RBS / Agência RBS
Pioneiro
Pioneiro

Foi com o próprio casaco que Hilário Gomes de Sene, 56, tentou conter as primeiras chamas do incêndio que acabou destruindo uma casa na manhã desta terça-feira (23). Prestador de serviços gerais, o homem estava trabalhando no desmanche da parte de madeira da estrutura que receberia posteriormente uma estrutura pré-moldada sobre a parte de alvenaria.

Leia mais:
VÍDEO: incêndio destrói casa no bairro São Cristóvão em Caxias

Depois das chamas serem contidas pela Brigada de Incêndio da Agrale e pelo Corpo de Bombeiros de Caxias do Sul - evitando o comprometimento de residências da vizinhança - Sene lamentou a perda de toda a estrutura e ainda dos R$ 2.210 que tinha na carteira, também consumida pelo incêndio.

— Eu tinha recém trocado o cheque, lembrei de pegar o celular pra mandar mensagem e a carteira acabou ficando. Perdi o dinheiro, documentos, tudo — disse.

A casa de aproximadamente 35 metros quadrados, localizada no bairro São Cristóvão, havia sido comprada há cerca de um mês e, após as adequações, se tornaria o novo lar da filha dele, do genro e do neto de três anos.

Foto: Milena Schäfer / Agência RBS

No momento do fogo não havia ninguém residindo no local. Sene acredita que o fogo tenha ocorrido a partir de um fio energizado. Ele também lamentou a situação da família de sua filha, que há anos se programava para mudança a um imóvel próprio.

— Eles pagavam aluguel há 14 anos, compraram a casa com muito sacrifício agora acontece isso 

 Leia também
Marcopolo não pretende buscar profissional no mercado para substituir CEO
Estrada dos Romeiros, em Caxias, atinge 40% de execução 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros