Moradores de área de risco do Diamantino começam a ser realocados - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Habitação17/04/2019 | 20h16Atualizada em 17/04/2019 | 20h22

Moradores de área de risco do Diamantino começam a ser realocados

Primeira família removida foi direcionada ao bairro Planalto na tarde desta quarta-feira

Moradores de área de risco do Diamantino começam a ser realocados Felipe Nyland/Agencia RBS
Julemar José dos Passos morava em barranco, poucos metros acima do muro da escola Atiliano Pinguelo, que desabou com as chuvas de sábado Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

Foi removido, na tarde desta quarta-feira (17), o primeiro morador da área próxima à escola Atiliano Pinguelo, considerada de risco pela Secretaria Municipal de Habitação. As seis residências que ficam próximas à instituição, no bairro Diamantino, segundo peritos da prefeitura, estariam correndo risco de desabamento após a forte chuva que ocorreu em Caxias do Sul no sábado (13), com situação agravada pelas chuvas registradas na terça-feira (16).

Leia mais
Famílias serão retiradas de casas no bairro Diamantino em Caxias
Reforma de escola atingida por temporal em Caxias vai custar R$ 1 milhão
Após chuvarada e com risco de deslizamento, Escola Atiliano Pinguelo, em Caxias, suspende aulas
Prefeitura de Caxias vai decretar emergência após temporal
Quase 40 horas depois de temporal, granizo ainda se acumula na RSC-453 em Caxias 

Julemar José dos Passos, 55 — juntamente com a esposa e o cachorro de estimação — foi realocado para uma moradia provisória no bairro Planalto. A mudança da família da casa onde vivia há dez anos iniciou por volta das 14h.

— Inicialmente, queriam nos deixar em um local que não tinha luz nem água, não deixei que descarregassem o caminhão, então, nos instalaram em um outro espaço, no mesmo terreno, acho que é uma antiga creche — relatou o Passos que, no início da noite desta quarta ainda organizava o novo lar. 

A casa onde ele morava fica em um barranco, poucos metros acima do muro da escola que já estaria comprometido desde 2017 e acabou caindo com as chuvas do sábado. A remoção foi tratada como prioridade pela Secretaria Municipal de Habitação, que articulou junto à Secretaria Municipal de Educação a ação para evitar que outras partes da escola que encontravam-se em risco acabassem atingidas por novos deslizamentos.

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL 16/04/2019Chuva derruba parte do muro da Escola Atiliano Pinguelo, no bairro Diamantino.(Felipe Nyland/Agência RBS)
Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

— Eles ficaram nos pressionando pra sair logo porque queriam mexer lá embaixo com as máquinas, mas não me deixaram levar nada (da estrutura da moradia), eu nem terminei de pagar aquelas madeiras ou as folhas do telhado — lamenta o morador.

De acordo com ele, a prefeitura garantiu que a instalação da família no local é provisória, por cerca de uma semana, até que ele seja inserido no Programa Auxílio Moradia, que contribuirá com o valor mensal de até um salário mínimo (R$ 998) para subsidiar o aluguel de um imóvel. Isso deve ocorrer também com as outras famílias, que têm prazo até terça-feira (23) para deixarem as casas. 

— É complicado, não tem como ficar fazendo tanta mudança — comenta.

A proposta da prefeitura é de edificar residências e instalar as famílias realocadas de forma definitiva no loteamento Campos da Serra até o final deste ano.

Leia também
Vereadores de Caxias vão a Brasília em busca de recursos para conclusão da ampliação do Hospital Geral
Número de autuações por falta de cinto triplicam nos primeiros meses de 2019 em Caxias
Peixarias de Caxias do Sul já registram movimento
Homem é preso pela quarta vez por dirigir embriagado em Vacaria

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros