Defesa Civil contabiliza distribuição de lonas para 500 casas em Caxias do Sul - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Após granizo15/04/2019 | 13h59Atualizada em 15/04/2019 | 13h59

Defesa Civil contabiliza distribuição de lonas para 500 casas em Caxias do Sul

Apesar da quantidade de imóveis atingidos, danos registrados foram pequenos

Defesa Civil contabiliza distribuição de lonas para 500 casas em Caxias do Sul Lizie Antonello / Agência RBS/Agência RBS
Danos não foram graves na maior parte das residências Foto: Lizie Antonello / Agência RBS / Agência RBS

O Corpo de Bombeiros e a Secretaria da Habitação de Caxias do Sul distribuíram lonas para cerca de 500 casas após o granizo do último sábado (13). Essa é a contagem mais atual da Defesa Civil de Caxias do Sul, que segue levantando os danos causados pelo temporal.

Leia mais
UBS do bairro Desvio Rizzo, em Caxias, reabre no início da tarde desta segunda
Domingo é dia de consertar telhado, retirar árvores das ruas e restabelecer a luz em Caxias depois da tempestade
Número de casas danificadas pelo granizo em Caxias do Sul chega a 180
Cem casas ficam destelhadas após temporal em Caxias do Sul   

Conforme o coordenador do órgão na cidade, José Magagnin, ainda não há dados consolidados de quais bairros foram os mais prejudicados, mas o fenômeno atingiu especialmente as regiões oeste e central da cidade. Apesar do número de imóveis afetados, a maioria teve pequenos danos, principalmente no telhado. Ao longo do fim de semana, a Secretaria da Habitação deslocou três equipes para atender os moradores atingidos.

Em Farroupilha, a maior parte das 40 casas danificadas ficam nos bairros Vila Nova e Vila Esperança. Parte dos imóveis, no entanto, já foi concertada. Segundo o coordenador da Defesa Civil da cidade, Gilberto do Amarante, pouco depois do temporal, moradores das áreas atingidas buscaram atendimento médico devido ao susto causado pelo fenômeno.

Já em Bento Gonçalves a Defesa Civil contabilizou 30 casas com pequenos danos. A faixa mais atingida da cidade foi a zona sul, que registrou também alagamentos pontuais e quedas de árvores.

— Na região norte quase nem choveu — comenta Thiago Fabris, coordenador do órgão no município.

Pelo levantamento realizado até agora, nenhum dos municípios considera decretar emergência.

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros