Conheça o homem que interpreta Jesus há 11 edições na Semana Santa de Garibaldi - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Arte na fé18/04/2019 | 08h00Atualizada em 18/04/2019 | 08h00

Conheça o homem que interpreta Jesus há 11 edições na Semana Santa de Garibaldi

Encenações bíblicas reúnem público de mais de 12 mil pessoas na cidade

Conheça o homem que interpreta Jesus há 11 edições na Semana Santa de Garibaldi Michele Geremia/Divulgação
Procissão acompanha Via Sacra, com cenas que iniciam na Praça da Matriz e seguem até a Praça da Ermida, onde ocorre a crucificação Foto: Michele Geremia / Divulgação

Em Garibaldi, ele é conhecido como Jesus. E não é só pela barba e pelo cabelo comprido que Giovanni Mattiello, 38 anos, tem essa fama consolidada em sua cidade. Músico, compositor e palestrante, graduado em Sociologia e doutorando em Teologia, uma vez por ano, ele se propõe a assumir o papel de um dos maiores símbolos da humanidade na encenação da Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo, realizada pela paróquia local. 

A programação da Semana Santa tem parceria com o Movimento Emaús que, há 20 anos, encontrou no teatro uma forma de potencializar o momento de introspecção e reflexão proposto pela Igreja Católica durante o período da Páscoa. Neste ano, cerca de 150 voluntários trabalham nas cenas e nos bastidores, com uma sequência de apresentações ao longo da semana. A Sexta-Feira Santa que, de acordo com a Bíblia, marca o dia da morte de Jesus, conta com a ampla estrutura cenográfica, sendo um dos dias mais prestigiados. A estimativa é receber 12 mil pessoas.

Giovanni Mattiello interpreta Jesus na programação da Semana Santa em Garibaldi.
Encenações ocorrem durante a programação da Semana Santa, com maior público registrado nos atos da Sexta-Feira Santa, feitos ao ar livreFoto: Daniela Radavelli / Divulgação

Esta será a 11ª encenação na qual Mattiello representará o protagonista das passagens sacras. O desafio de incorporar um dos personagens mais importantes das escrituras caiu por acaso nas mãos do garibaldense, que inicialmente integrava a coordenação da montagem artística.

— Eu sempre gostei muito de teatro. No segundo ano ficamos sem opção para Jesus em cima da hora e o frei responsável sugeriu que eu assumisse o papel — lembra o artista, mencionando episódio ocorrido em 2001, quando tinha apenas 19 anos e sequer usava barba comprida.

"É comum as pessoas me chamarem de Jesus"

Foram quatro anos consecutivos na primeira fase, com intervalo de quase uma década — interpretando outros personagens — e retorno ao papel de Cristo em 2013. Para Mattiello, a responsabilidade de carregar a marca de Jesus vai além da estética assumida e da representação nos palcos. Ela o acompanha em todos os dias do ano.

— É comum as pessoas me chamarem de Jesus e lembrarem dele quando me veem. Para mim isso é um privilégio, porque a cada momento reflito sobre como posso me tornar uma pessoa melhor. É esse convite que a fé também nos faz — avalia.

Giovanni Mattiello interpreta Jesus na programação da Semana Santa em Garibaldi.
Foto: Daniela Radavelli / Divulgação

No período das encenações, o processo de interiorização de Mattiello ganha ainda mais profundidade, com inteira doação física e mental do ator.

— Para mim é um ritual. Fico tocado quando vejo no olhar das pessoas que elas não estão vendo o Giovanni, e sim Jesus. 

— Na cena, procuro me esvaziar de mim e deixo transbordar o que as pessoas estão buscando — comenta Mattiello, que revive passagens marcantes da Via Sacra, como a condenação, o flagelamento e a crucificação de Jesus.

Fé representada pela arte

A morte e ressurreição de Cristo são os pontos altos da celebração católica na Páscoa mas, desde o último domingo, a programação em Garibaldi celebra a Semana Santa, aberta com a encenação da chegada de Jesus em Jerusalém.

A Via Sacra ocorre nesta Sexta-Feira Santa (19), a partir das 16h30min, ao ar livre, na Praça da Matriz, com procissão que acompanha as cenas até a Praça da Ermida, onde ocorre a cena da crucificação. A ressurreição é encenada no dia seguinte, Sábado de Aleluia (20), de acordo com as liturgias da Igreja.

— Algumas pessoas acham pesada e até violenta a encenação, porém a gente faz questão de mostrar a dor para que as pessoas entendam que isso existe, a dor faz parte da vida e precisamos aprender a lidar com ela, a ressignificá-la. O salto acontece no sábado, com a ressurreição representando a alegria, a vitória e a esperança — comenta Mattiello.

Giovanni Mattiello interpreta Jesus na programação da Semana Santa em Garibaldi.
Ressurreição é encenada de acordo com liturgia da celebração religiosa, na noite do Sábado de AleluiaFoto: Michele Geremia / Divulgação

Sob direção dele, as cenas buscam ser o mais fiéis possíveis ao texto bíblico, preservando a história que, para Mattiello, é o mais importante.

_Confio a interpretação às pessoas que assistem. As passagens são muito ricas e eu estaria reduzindo o evangelho se colocasse algum tipo de conclusão.

Preparação para troca

Após tantos anos e de tantos aprendizados, o ator revela que pretende deixar o papel nos próximos anos, dando espaço e oportunidade a outros homens que tenham interesse em assumir a responsabilidade.

— Estamos fazendo um processo criterioso e sem pressa, porque a pessoa que for fazer precisa estar convicta — afirma o coordenador, lembrando que, do novo voluntário, será exigido que faça parte do Movimento Emaús e, claro, concorde em adotar o visual da barba e do cabelo comprido que, por anos, consagraram Mattiello como Jesus de Garibaldi.

PROGRAME-SE

Em Garibaldi, na Igreja São Pedro:

:: Quinta-feira, 18
15h: Celebração Santos Óleos
19h: Lava pés e instituição da eucaristia 

:: Sexta-feira, 19
8h30min: Via Sacra da Ordem Franciscana Secular
9h: celebração da macela
16h30min: celebração da Paixão e Morte de Cristo, com procissão à Ermida Nossa Senhora de Fátima

 :: Sábado, 20
19h: Ressurreição de Cristo, chegada do Santíssimo nas comunidades a partir das 19h30min

:: Domingo, 21
9h e 18h: celebrações de Páscoa
12h: bênção dos freis pela rádio Garibaldi AM e rádio Mais Nova 88 FM

Em Caxias do sul, na Catedral Santa Teresa:

:: Quinta-feira, 18
20h: missa de lava pés
21h e 23h: vigília

:: Sexta-feira, 19
9h: Via Sacra
14h: Celebração da Paixão
15h: procissão

 :: Sábado, 20
19h: vigília pascal

:: Domingo, 21
9h, 11h e 19h: missa de Páscoa

Leia também
Agenda: Paula Toller faz show na Serra Gaúcha em 4 de outubro
Exposição "3x4" da artista caxiense radicada na Capital, Monique Maccari, abre nesta quinta para visitação
Discursos políticos marcam a premiação do Cineserra 2019
Petrobras anuncia alta de R$ 0,10 por litro no diesel


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros