Professor de Bento Gonçalves é nomeado coordenador no Ministério da Cidadania - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Esporte e Cidadania27/03/2019 | 10h00Atualizada em 27/03/2019 | 13h26

Professor de Bento Gonçalves é nomeado coordenador no Ministério da Cidadania

Clemente Mieznikowski, 62 anos, irá para Brasília na próxima semana

Professor de Bento Gonçalves é nomeado coordenador no Ministério da Cidadania Reprodução/Divulgação
Foto: Reprodução / Divulgação

Um dos personagens mais populares do esporte de Bento Gonçalves, Clemente Mieznikowski passará a integrar o Ministério da Cidadania do governo do presidente Jair Bolsonaro. A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União na terça-feira (26), e o convite partiu do ministro Osmar Terra (MDB). O cargo que Mieznikowski ocupará é de coordenador-geral de Lazer e Inclusão Social, dentro do Departamento de Desenvolvimento e Acompanhamento de Políticas e Programas Intersetoriais de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social da Secretaria Nacional de Esporte. 

Aos 62 anos, Mieznikowski dedicou mais de quatro décadas para projetos ligado ao esporte. É formado em Educação Física, com pós-graduação em Treinamento Esportivo e formado em técnico nível 3 pela Confederação Brasileira de Voleibol. Foi um dos idealizadores do projeto Sacada Solidária, que formava anualmente centenas de jovens em 11 núcleos diferentes, com aulas de vôlei, inglês, informática e alimentação - além, é claro, de ligação direta com o clube de voleibol da cidade, o Bento Vôlei. Clemente atuou como técnico do Bento.

O bento-gonçalvense também foi eleito vereador em 2013 - foi o mais votado daquele ano pelo PDT. Atualmente, era suplente de vereador pelo PTB, cargo do qual abriu mão ao saber do convite do ministro Osmar Terra. Desde então, filiou-se ao MDB.

— Acredito que houve o convite porque tenho no histórico projetos como o Bento Vôlei. Ainda não sei o que farei exatamente, quero chegar lá e ver o que este novo governo quer. Vou, humildemente, me colocar como ouvinte para entender qual o papel que posso desempenhar — afirma.

O professor se mudará para Brasília na próxima semana. Ele garante que seguirá com a missão de formar bons cidadãos em seu projeto de vida.

— Meu trabalho sempre foi acreditar no esporte e usá-lo como ferramenta para preservar as crianças. O ministro Sérgio Moro e o Osmar Terra acreditam muito na prevenção do envolvimento com drogas. Estarei ligado nesta linha também — defende.

Leia também:
"Foi um pesadelo", diz vizinha que ajudou no resgate de jovem ameaçada por namorado em Caxias

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros