Daer e prefeitura de Caxias vão discutir viabilidade de semáforos no acesso a Forqueta - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Enquanto obra não recomeça26/03/2019 | 13h49Atualizada em 26/03/2019 | 14h27

Daer e prefeitura de Caxias vão discutir viabilidade de semáforos no acesso a Forqueta

Intenção é instalar equipamentos como medida paliativa

Daer e prefeitura de Caxias vão discutir viabilidade de semáforos no acesso a Forqueta Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Obras no acesso a Forqueta começaram em julho de 2018 e atualmente estão paralisadas Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

A instalação de sinaleiras no atual acesso a Forqueta pela RS-122, em Caxias do Sul, será estudada pelo Daer e pela Secretaria Municipal de Trânsito nos próximos dias. A medida seria paliativa até a conclusão das obras da nova entrada do bairro, junto ao antigo pedágio de Farroupilha.

Leia mais
Daer prevê começar obras de novo acesso a Forqueta, em Caxias, na próxima semana
Daer anuncia lombadas eletrônicas no trecho de acesso a Fazenda Souza, em Caxias

A possibilidade de implantação dos equipamentos foi levantada na tarde desta segunda-feira (25) em reunião entre uma comitiva de Caxias e a direção do Daer. O encontro teve participação de vereadores, deputados estaduais e do secretário de Trânsito, Cristiano de Abreu Soares, que colocou o município à disposição para o fornecimento das sinaleiras.

Segundo Soares, a direção do Daer já sinalizou positivamente em relação à medida, mas de modo informal. Para que a sinalização seja instalada, porém, é necessário inspecionar o ponto para verificar a viabilidade, o que está previsto para ocorrer nos próximos dias.

Na semana passada o município também havia sugerido a instalação de semáforos no acesso a Fazenda Souza, na Rota do Sol, até a retomada das obras. Nesta segunda, porém, o Estado anunciou a implantação de lombadas eletrônicas no entorno do cruzamento para evitar acidentes. A previsão é que os redutores comecem a operar ainda nesta semana.

No encontro em Porto Alegre, a comitiva da Serra também cobrou o recomeço das obras no trevo de Fazenda Souza, já que o Estado recebeu material asfáltico no fim da semana passada. No entanto, o secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella, não deu nenhum prazo de conclusão. Também não há definição com relação ao acesso a Forqueta. Conforme participantes da reunião, Costella afirmou que o asfalto recebido foi destinado a tapa-buracos. 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros