Roteiro Caminhos de Caravaggio será lançado com sinalização provisória - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Serra Gaúcha27/02/2019 | 17h19Atualizada em 27/02/2019 | 17h28

Roteiro Caminhos de Caravaggio será lançado com sinalização provisória

São cerca de 200 quilômetros entre Canela e Farroupilha

Roteiro Caminhos de Caravaggio será lançado com sinalização provisória Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Ponto de chegada é Santuário de Caravaggio em Farroupilha Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

 O roteiro turístico Caminhos de Caravaggio deve ser lançando entre o final de abril e início de maio. Inicialmente, a sinalização para os turistas que fizerem o trajeto de 200 quilômetros será provisória. Serão placas indicativas e pintura nas vias entre Canela e Farroupilha para orientar os pedestres ou ciclistas. Além disso, será publicado um guia com as orientações. A recomendação será para uma caminhada de 10 dias, mas com a possibilidade de fazer em seis dias. 

 Leia mais
Prefeituras farão consórcio para o roteiro Caminhos de Caravaggio
Após caminhada técnica, equipe avaliadora vai sugerir ampliação do tempo previsto para o percurso 

Conforme o secretário do Turismo de Farroupilha, Francis Casali, a sinalização prévia deve ser instalada a partir de março. Para que uma sinalização mais robusta seja implantada, os municípios pretendem buscar recursos junto ao governo federal. Isso será feito por meio de um consórcio que será criado pelas cidades por onde passa o roteiro: Canela, Gramado, Nova Petrópolis, Caxias do Sul e Farroupilha. Os projetos de lei para que o consórcio passe a existir já foram aprovados em quatro Câmaras Municipais, faltando apenas o aval dos vereadores de Caxias do Sul.

Casali explica que, após a aprovação por todas as cidades, o consórcio será formalizado com a nomeação de cargos de chefia. O passo seguinte é tentar captar os recursos federais. O roteiro liga os Santuários de Caravaggio de Canela e de Farroupilha. Um dos destaques é justamente o aspecto religioso, já que, ao longo do caminho, há diversas capelas e até igrejas famosas, como a Catedral de Canela. O turista também passará por paisagens urbanas e rurais, além de contemplar a arquitetura. A característica vai mudando de acordo com o ponto do trajeto por causa da predominância da colonização alemã, nos municípios da Região das Hortênsias, e da italiana, em Caxias e Farroupilha.

Leia também
"Vamos fazer de Caxias do Sul o novo destino turístico", diz empresária hoteleira
Bento recebeu 1,5 milhão de visitantes em 2018

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros