Motorista de caminhão envolvido em acidente que matou Ricardo Boechat retorna a Caxias nesta terça - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

A caminho de casa12/02/2019 | 10h21Atualizada em 12/02/2019 | 10h21

Motorista de caminhão envolvido em acidente que matou Ricardo Boechat retorna a Caxias nesta terça

João Tomanckeves saiu de São Paulo na noite desta segunda (11) na carona de caminhão da empresa em que trabalha

Motorista de caminhão envolvido em acidente que matou Ricardo Boechat retorna a Caxias nesta terça Marcelo Gonçalves/SigmaPress/Estadão Conteúdo
Acidente ocorreu por volta do meio-dia desta segunda-feira (11) Foto: Marcelo Gonçalves / SigmaPress/Estadão Conteúdo

O motorista do caminhão envolvido no acidente que matou Ricardo Boechat nesta segunda-feira (11) já está a caminho de Caxias do Sul. João Tomanckeves, 52 anos, viaja na carona de um caminhão da empresa Rápido ABC Transportes, empresa onde trabalha e proprietária do veículo atingido pelo helicóptero onde estava o jornalista.

Leia mais
Motorista de caminhão atingido por helicóptero em que estava Ricardo Boechat é de Caxias

De acordo com a Rápido ABC, Tomanckeves saiu de São Paulo por volta das 22h de segunda e tem chegada prevista para as 21h desta terça (12). A reportagem da Gaúcha Serra tentou contato com o motorista por volta das 7h30min, mas foi informada por um colega que ele estava descansando.

Em entrevista ao portal G1 e à Rede Globo ainda na segunda-feira, Tomanckeves disse não ter percebido a aproximação do helicóptero, já que a aeronave teve uma trajetória vertical sobre a rodovia. O motorista disse ainda que apenas sentiu o impacto da colisão, que o deixou sem visão do lado externo, e somente após sair do caminhão percebeu que havia sido atingido por um helicóptero.

Além de Boechat, o acidente, ocorrido na Rodovia Anhanguera, no acesso ao Rodoanel, em São Paulo, matou também o piloto da aeronave, Ronaldo Quattrucci, 56. Tomanckeves teve ferimentos leves e recebeu atendimento no local do acidente. Pouco antes de prestar depoimento à Polícia Civil, no entanto, ele passou mal e precisou ser encaminhado ao hospital.

Leia também
Acidentes com morte crescem 25% na Serra em relação a 2018
Pedido de impeachment do prefeito de Caxias volta para votação nesta terça-feira

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros