Procon de Bento Gonçalves aciona Ministério Público para investigar postos de combustíveis - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 

Redução da gasolina14/01/2019 | 12h21Atualizada em 14/01/2019 | 13h10

Procon de Bento Gonçalves aciona Ministério Público para investigar postos de combustíveis

Órgão recebeu reclamações de consumidores de que revendas da cidade não repassaram queda de preços das últimas semanas

Procon de Bento Gonçalves aciona Ministério Público para investigar postos de combustíveis Jandyr Nascimento/Agencia RBS
Segundo Procon, parte dos postos da cidade não repassou queda nos preços do combustível Foto: Jandyr Nascimento / Agencia RBS

O Procon de Bento Gonçalves acionou o Ministério Público (MP) para investigar se postos de combustíveis da cidade estão repassando aos consumidores a queda no preço da gasolina registrada nas últimas semanas. A medida foi tomada a partir de reclamações de consumidores e também de levantamentos realizados pelo próprio órgão junto às revendas.

Leia mais
Em pouco mais de dois meses, queda no preço médio da gasolina em Caxias chega a R$ 0,53

De acordo com a coordenadora do Procon, Karen Izidro Battaglia, embora as denúncias tenham sido recebidas de modo informal, via e-mail ou redes sociais, as pesquisas permitiram identificar que parte dos postos, de fato, não seguiram a baixa de preços. Como o órgão tem uma atuação limitada, porém, a opção foi acionar o MP para que o caso seja investigado.

— Não temos o que fazer. Atuamos quando há aumento injustificado ou abuso — explica.

Em dezembro, o órgão solicitou às distribuidoras documentos para verificar se elas recebiam e vendiam o combustível com preço menor. Os dados já foram encaminhados ao MP juntamente com as informações obtidas junto aos postos.

— Tudo o que a gente pedir (ao MP) tem que ser fundamentado e provado. Eles vão poder investigar — afirma Karen.

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), nas últimas 11 semanas o preço nas bombas caiu R$ 0,36 em Bento Gonçalves, o que representa 7,28%. No levantamento mais recente, divulgado nesta segunda-feira (14), o valor médio era de R$ 4,58. Já para os postos a queda foi de 9,29%, o que representa R$ 0,41. De acordo com a pesquisa, os postos pagam, em média, R$ 4 pelo litro do combustível.

Já as pesquisas mensais realizadas pelo próprio Procon estão disponíveis na página do órgão no site da prefeitura de Bento Gonçalves.

Leia também
Jovem de Farroupilha que morreu afogado pescava com a família
Prepare-se: segunda metade janeiro será ainda mais chuvosa na Serra  

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros