Égua é encontrada atolada e prefeitura de Caxias afirma que não há prazo para retirada do animal - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Serra14/01/2019 | 12h28Atualizada em 14/01/2019 | 13h28

Égua é encontrada atolada e prefeitura de Caxias afirma que não há prazo para retirada do animal

Denúncia foi feita pelo site do órgão, sob responsabilidade da secretaria do Meio Ambiente, mas responsáveis afirmam que serviço funciona em esquema de urgência

Égua é encontrada atolada e prefeitura de Caxias afirma que não há prazo para retirada do animal Eduardo Seimetz Paim / Divulgação/Divulgação
Foto: Eduardo Seimetz Paim / Divulgação / Divulgação

Uma égua atolada, encontrado no bairro Fátima, em Caxias do Sul, gerou comoção entre os moradores. Preso desde domingo (13), o animal se encontra em situação de vulnerabilidade. Ele foi removido da lama, mas permaneceu no local por estar muito debilitado.

Contatada, a secretaria do Meio Ambiente (Semma) informou que uma denúncia deveria ser feita pessoalmente ou por meio do site da Semma, para, então, averiguar a situação do animal e mandar uma viatura.

A denúncia já foi feita por uma moradora dos arredores na manhã desta segunda-feira. Ainda de acordo com a secretaria, não há prazo para fazer a retirada do animal, pois o serviço funciona em esquema de urgência.

No momento, diversas pessoas estão reunidas no local, tentando auxiliar a égua com água e comida até o resgate ser feito. Não há informações de como o animal ficou nesse estado ou quem seria o proprietário.

Leia também
Mesmo com previsão de chuva, obras no acesso ao Santa Fé, em Caxias, devem ser finalizadas sábado

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros