Vítima de ocorrência na RSC-453, em Farroupilha, havia perdido o marido em acidente de trânsito em junho - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Tragédia13/12/2018 | 10h57Atualizada em 13/12/2018 | 11h02

Vítima de ocorrência na RSC-453, em Farroupilha, havia perdido o marido em acidente de trânsito em junho

Ocupantes do Corsa atingido por caminhão retornavam dos Caminhos de Pedra, onde participaram de janta de fim de ano

Vítima de ocorrência na RSC-453, em Farroupilha, havia perdido o marido em acidente de trânsito em junho Polícia Rodoviária Estadual/Divulgação
Foto: Polícia Rodoviária Estadual / Divulgação
Pioneiro

Seis meses antes de morrer no trágico acidente da RSC-453, em Farroupilha, na noite desta quarta-feira (12), a atendente Luciana de Mello Jardim, 38 anos, havia perdido o marido em uma colisão no trânsito. Em 3 de junho deste ano, o Gol conduzido por Edivilson da Costa Moreira, 39, bateu de frente em um Del Rey no km 5 da VRS-813, que liga Farroupilha a Garibaldi via Desvio Blauth.

Leia mais
"Quando freei, já estava com o caminhão em cima do carro", conta motorista envolvido em acidente com quatro mortos em Farroupilha
Maioria das vítimas do acidente na RSC-453, em Farroupilha, tinha menos de 22 anos 

Segundo um familiar de Luciana, que prefere não se identificar, desde a morte de Moreira, ela e os dois filhos, um menino de 16 anos, que teve com o marido, e uma jovem de 20, de um relacionamento anterior, passaram a morar em uma casa no centro de Farroupilha. Natural de Uruguaiana, o casal mudou-se para a Serra em 2005, em busca melhores condições de vida. A estudante de administração e o guia turístico estavam juntos há pelo menos 17 anos.

— Em junho foi o Edinho e agora a Luciana. São duas tragédias em meio ano. É possível imaginar como nos sentimos — desabafa o familiar.

Por volta das 23h30min desta quarta, Luciana estava na carona de um Corsa retornando de um restaurante nos Caminhos de Pedra, onde participou de um jantar de fim de ano da loja Clip, onde trabalhava há poucos meses. Todos os ocupantes do veículo eram colegas de trabalho. Ao sair da ERS-448 para acessar a RSC-453, o carro foi atingido por um caminhão que seguia no sentido Farroupilha-Garibaldi. Luciana e a condutora, Natasha Zotis, 22, morreram antes de receber socorro. A caroneira Jéssica Possa Valério, 19, foi socorrida, mas morreu logo após chegar ao Hospital São Carlos. O quarto ocupante do Corsa, Cristian Mendes dos Santos, 20 anos, também recebeu atendimento, mas morreu por volta das 4h15min.

Jéssica era a única filha dos agricultores Mardiovam Valério, 54, e Marta Cristina Possa, 47. A jovem tinha ainda uma irmã, de 30 anos, por parte de mãe.

— Ela tinha feito o terceiro ano e agora na virada do ano pretendia fazer faculdade, mas ainda não tinha decidido o que ia cursar — relata o pai.

Natural de Linha Jacinto, no interior de Farroupilha, Jéssica atualmente morava no Centro da cidade e trabalhava na Clip há um ano e meio. A última vez que conversou com os pais foi no fim da tarde desta quarta, quando disse que participaria do jantar e de outros planos.

— Ela disse que iria pegar uma roupa para ir hoje (quinta) na festa de formatura da prima no Ensino Médio — lamenta Valério.

Trevo

O entroncamento da RSC-453 com a ERS-448, em Farroupilha, apresenta boa sinalização e condições do asfalto. O trecho passou por recapeamento entre o fim do ano passado e a metade deste ano. O ponto, no entanto, exige que o motorista cruze um dos sentidos e aguarde em um refúgio marcado por tachões no meio da pista antes de seguir seguir viagem.

Leia também
Policial morto que integrava quadrilha que assaltou em Mato Perso estava de licença médica
Após assalto a residência, BM realiza buscas com helicóptero no interior de Caxias do Sul
Três homens envolvidos em assalto a residência são mortos em confronto com a polícia em Nova Petrópolis
Suspeitos de assalto, policial morre e outro é preso em confronto com a BM na Serra 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros