Virvi Ramos pode assumir mais de 7 mil atendimentos em psiquiatria por ano em Caxias - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Consultas pelo SUS04/12/2018 | 06h51

Virvi Ramos pode assumir mais de 7 mil atendimentos em psiquiatria por ano em Caxias

Município deve elaborar aditivo ao contrato atual com mais 590 consultas mensais pela rede do SUS 

Virvi Ramos pode assumir mais de 7 mil atendimentos em psiquiatria por ano em Caxias Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

O município revogou nesta segunda-feira (3) edital para chamamento de entidades interessadas em realizar serviços de psiquiatria em Caxias do Sul. Segundo a Secretaria da Saúde (SMS), o processo de licitação, que seria aberto com a entrega de envelopes a partir das 16h desta segunda-feira (3), foi interrompido porque o município deve elaborar um aditivo ao contrato já existente com o  Associação Cultural e Científica Virvi Ramos (ACCVR) - mantenedora do Hospital Virvi Ramos - que deve absorver os atendimentos de psiquiatria ambulatorial previstos por meio do SUS. O processo ainda não está concluído e deve ser concretizado ao longo dos próximos dias. 

A licitação, que estava publicada no Diário Oficial do Município desde o dia 12 de novembro, previa a contratação de entidades para a prestação de serviços em 590 consultas por mês no período de um ano, o que totalizaria 7.080 atendimentos. Segundo a SMS, este é o segundo edital aberto que foi cancelado pelo município.

No primeiro processo, a empresa interessada em realizar os atendimentos desistiu de efetuar o trabalho por conta do valor de R$ 10 por consultas — medido pela tabela do SUS, e que foi considerado baixo. No segundo chamamento, ainda de acordo com a SMS, o valor previsto por consulta aumentou para R$ 55. No entanto, o município optou por cancelar o edital por conta do interesse do Hospital em efetuar os atendimentos. 

O Hospital Virvi Ramos confirmou, via assessoria de imprensa, que está em tratativas para ampliação das consultas ambulatoriais prestadas por meio do contrato com o município, mas que deve se manifestar oficialmente após o fechamento do contrato. Atualmente, a Associação Virvi Ramos já presta serviços nessa área nos CAPS Novo Amanhã e em uma Unidade de Saúde Mental de Caxias do Sul.

Leia também
Caravana de Natal da Coca-Cola ilumina ruas de Caxias do Sul
Preço mínimo da uva será definido nesta terça 
Cadastramento individual de motoristas de aplicativos começa nesta segunda em Caxias

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros