Hospital Saúde encerra atividades na ala materno-infantil em Caxias - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Em janeiro30/12/2018 | 16h34Atualizada em 30/12/2018 | 16h34

Hospital Saúde encerra atividades na ala materno-infantil em Caxias

Serviços eram contratados majoritariamente pela Unimed, que abriu unidade própria

Hospital Saúde encerra atividades na ala materno-infantil em Caxias Felipe Nyland/Agencia RBS
Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

A partir do dia 18 de janeiro, o Hospital Saúde, em Caxias do Sul, encerrará as atividades das unidades obstétrica, pediátrica e da UTI neonatal. A informação foi divulgada em nota conjunta com a Unimed, que contrata os serviços da instituição. 

De acordo com o diretor administrativo do hospital, Nayvaldo de Almeida, a Unimed optou por transferir o atendimento aos conveniados para a unidade materno-infantil do hospital da operadora de saúde, inaugurada em 18 de dezembro. Como a maior parte dos serviços prestados na área pelo Hospital Saúde era para a Unimed, a direção decidiu por fechar a ala.

— É compreensível que quem faz um hospital busque levar os serviços que forem possíveis para lá. Para a direção do Saúde, não faz sentido manter um serviço que atende 100 partos por mês, por exemplo, para atender 20. Então nós optamos por fechar e comunicamos que não vamos mais atender a partir da data — informa.

O Hospital Saúde também atende pacientes de outros convênios privados. Os serviços da ala adulta — clínicos, cirurgias ambulatoriais e com internação e UTI — seguem funcionando normalmente. Sem a ala materno-infantil, o Saúde perde 30 leitos e passa a oferecer 70 leitos no total.  

— É um serviço que tinha rentabilidade, mas essa é a lógica quando se faz um hospital próprio. O nosso relacionamento com a Unimed é muito bom e isso estava sendo planejado há tempos — aponta o diretor. 

Almeida diz que ainda não está definido o destino que será dado ao setor ou aos equipamentos das unidades. O certo é que os serviços de obstetrícia, pediatria e UTI neonatal não serão mantidos futuramente. 

— A estratégia da direção é fechar a área agora e futuramente ocupá-la para outros serviços. Na verdade, há duas previsões, como alugar para outros serviços, mas não está definido até agora — adianta. 

Reformas no hospital só iniciarão depois da confirmação de que serviços serão prestados no setor. 

O Hospital Saúde foi fundado em 1931, com o nome de Hospital Santo Antônio. Funcionou provisoriamente no antigo Hospital Carbone, que hoje abriga o Arquivo Histórico Municipal, até 1932. Em 1945, o hospital chegou virar um hotel, até ser adquirido pelas irmãs de São José em 1954, voltando a prestar atendimentos destinados ao treinamento das alunas da Escola de Enfermagem Madre Justina Inês. Nessa época, o Hospital passou a ser denominado Hospital Nossa Senhora da Saúde. Em 1974, cinco médicos compraram a instituição, que passou a se chamar Hospital Saúde. 

Leia também
Homem morre em acidente na BR-285 em Monte Alegre dos Campos
Família pede ajuda para destinar quase 30 cães mantidos por voluntária em Caxias do Sul
Após liberação, moradores de prédio de Farroupilha não pretendem retornar imediatamente

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros