Após dois anos de obras, Parque das Araucárias, em Caxias, será entregue no início de 2019 - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Em fase final19/12/2018 | 13h28Atualizada em 19/12/2018 | 13h40

Após dois anos de obras, Parque das Araucárias, em Caxias, será entregue no início de 2019

Construção da guarita e dos banheiros estão previstas para terminar na próxima semana

Após dois anos de obras, Parque das Araucárias, em Caxias, será entregue no início de 2019 André Fiedler/Agência RBS
Parque fica às margens do complexo Dal Bó Foto: André Fiedler / Agência RBS

A partir do início de 2019 a população de Caxias do Sul terá mais uma área verde para aproveitar os momentos de lazer. O Parque das Araucárias, na Rua Atílio Andreazza, será entregue ao público após dois anos de obras.

Leia mais
Ecoparque, em Caxias, terá anfiteatro e área para contemplar pôr do sol
Orçamento para construção do Ecoparque, em Caxias, será reduzido em até 25%
Ecoparque, em Caxias, vai ser construído em três etapas
Ecoparque, em Caxias do Sul, será entregue em 2018
Área de lazer junto ao complexo Dal Bó, em Caxias do Sul, irá se chamar Parque das Araucárias

A pendência para a abertura do espaço, inicialmente prevista para ocorrer ainda em dezembro, é a conclusão dos banheiros e da guarita, junto ao portão de entrada.

De acordo com Gerson Panarotto, diretor da Divisão de Planejamento Integrado do Samae, responsável pela construção do parque, a obra está em fase adiantada e tem previsão de ser concluída na próxima semana.

— Já tem a cobertura, os revestimentos e também o piso. Agora faltam as instalações elétricas e hidráulicas — detalha.

Como a conclusão, se confirmada, vai ocorrer na última semana do ano, o ato de entrega do parque vai ficar somente para depois do Réveillon. A data, porém, ainda não foi informada pela prefeitura.

Inicialmente chamado de Ecoparque, o Parque das Araucárias fica junto ao Complexo Dal Bó e é separado do Jardim Botânico de Caxias do Sul pela Rua Atílio Andreazza. As obras começaram no fim de 2016, como uma primeira etapa de um projeto de revitalização de todo o complexo. As fases seguintes incluíam a instalação de equipamentos e pista de caminhada na área do Jardim Botânico e uma passarela sobre a Atílio Andreazza ligando as duas partes do parque. A realização dessas últimas etapas, no entanto, não está confirmada e depende de avaliação por parte do município.

A área que será entregue vai contar com academia, parque infantil, área para slackline, espaço pet, bancos, bebedouros e pistas de caminhada e de ciclismo. Itens como cascata e batistério foram retirados para baratear o projeto, que deve fechar com custo de R$ 4,5 milhões. A área prevista originalmente também teve redução.

Leia também
Pacientes do Hospital Geral de Caxias receberão a visita de animais disponíveis para adoção
Praça da Emancipação, em Farroupilha, será revitalizada
TCE suspende pagamento de honorários para procuradores municipais de Caxias do Sul

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros