Obra para evitar falta de água em Gramado deve ficar pronta até o final de novembro - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Tubulação ampliada15/11/2018 | 08h38

Obra para evitar falta de água em Gramado deve ficar pronta até o final de novembro

Na alta temporada, turistas e moradores costumam reclamar de desabastecimento

Obra para evitar falta de água em Gramado deve ficar pronta até o final de novembro Luciano Moraes/Agencia RBS
Previsão é de aumento de 30% no abastecimento a partir do final do mês de novembro Foto: Luciano Moraes / Agencia RBS

A Corsan aumentou a tubulação de água em Gramado para evitar o desabastecimento em horários de pico de consumo, principalmente na alta temporada. Nos próximos dias, as duas pontas dessa nova tubulação serão interligadas ao sistema. A previsão é de aumento de 30% no abastecimento a partir do final do mês de novembro.

Hoje, são 200 litros de água por segundo destinados aos consumidores. A obra possibilitará ampliar para 260 litros por segundo. Foram três quilômetros de tubulação instalados. 

O diretor de Operações da Corsan, Eduardo Carvalho, diz que o fornecimento de água hoje é suficiente para a média de consumo. Como é uma cidade turística, Gramado recebe um grande número de visitantes no final de ano por causa do Natal Luz. O aumento no consumo gera falta de água em pontos da cidade. Conforme Carvalho, isso ocorre principalmente nos pontos mais altos.

Como parte dos investimentos para evitar a falta de água, a Corsan também projeta a instalação de um novo reservatório no bairro Altos da Viação Férrea, que sofre com o desabastecimento em períodos de alta temporada. Além disso, a companhia faz um trabalho de detecção de vazamentos nos 160 quilômetros da rede de abastecimento. 

Leia também
Mirante: projeto sobre impacto de vizinhança retorna ao debate em Caxias do Sul
Moradores voltam a relatar tremores em Caxias do Sul
Rota do Sol com buracos e chuva só no domingo: saiba mais sobre o feriadão na Serra

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros