Natal Luz de graça: Gramado oferece também programação sem custo - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Programe-se23/11/2018 | 08h00Atualizada em 23/11/2018 | 08h00

Natal Luz de graça: Gramado oferece também programação sem custo

O Pioneiro reuniu opções com entrada sem custo, possibilitando um passeio em família bem econômico e recheado de diversão

Natal Luz de graça: Gramado oferece também programação sem custo Lucas Amorelli/Agencia RBS
Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

Nem sempre é preciso gastar dinheiro para conferir de perto a magia que o 33º Natal Luz de Gramado tem o compromisso de transmitir aos visitantes. Ainda que a principal atração seja paga _ o grande desfile de Natal _ as atrações gratuitas dominam a programação do evento deste ano: é possível contemplar espetáculos, experimentar a gastronomia típica, comprar souvenires e gastar muito pouco. O Pioneiro reuniu opções com entrada sem custo, possibilitando um passeio em família bem econômico e recheado de diversão.

Como o reforço das atrações gratuitas na grade de eventos, o público visitante estimado para este ano deve ser facilmente atingido. Até agora, com pouco mais de um mês de Natal Luz, pelo menos 700 mil pessoas já passaram por Gramado _ a estimativa é que 2 milhões de pessoas visitem a cidade até 13 de janeiro, em  81 dias de festa. Quem promove o Natal Luz é a Gramadotur, autarquia municipal presidida por Edson Néspolo. 

— O que investimos a mais em relação ao ano passado, cerca de R$ 1,5 milhão, é justamente nas atividades gratuitas —  destaca.

Entre os destaques da programação que mereceram mais investimento, Néspolo cita a decoração natalina nas ruas, o show da árvore cantante e as apresentações que acontecem na Rua Coberta. Por outro lado, a compra de ingressos dos espetáculos pagos também é alta. Estima-se que as atrações tenham ocupação de 75% dos lugares pagos. Até agora, o Desfile de Natal é o mais procurado, junto ao Reencontros de Natal. Os ingressos partem de R$ 145 para ambos espetáculos.

Pão quentinho por R$ 3 e lembrancinha por R$ 5

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 21/11/2018Natal Luz em Gramado.A artesã Sônia da Rocha Costa, 56 anos, é uma das dezenas que expõe seus trabalhos na vila do Papai Noel. (Lucas Amorelli/Agência RBS)
Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

É claro que restaurantes com opções de fondue, pizza e massas estão espalhados pelas ruas de Gramado com diversos valores. Mas há um atrativo gastronômico que faz o maior sucesso entre os turistas e exige pouquíssimo investimento: são os produtos coloniais produzidos pelos agricultores de Gramado, dispostos na Praça das Etnias, que neste período, torna-se a Vila de Natal. A venda ocorre eventualmente durante o resto do ano, mas, na época do Natal Luz, os produtores trabalham diariamente das 8h às 20h. O produto que mais tem saída é o pão recheado com salsicha. Feito na hora, é servido ainda quentinho e, de quebra, produzido por pessoas que madrugam às 4h para preparar a fornada. O preço? R$ 3 por pão. Há ainda pão com queijo, cucas simples e recheadas. 

— Nós nos reunimos em grupos das comunidades e fazemos um revezamento para todos trabalharem aqui — explica o produtor Davi Rama.

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 21/11/2018Natal Luz em Gramado. (Lucas Amorelli/Agência RBS)
Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

Em dias de movimento intenso, são comercializados até 3 mil pãezinhos e 1,5 mil cucas. Aquelas recheadas com chocolate ou uva são as mais pedidas. Na última terça-feira, Antônio e Wilma Saggionato, turistas de Barueri (SP), deixavam a feira carregando produtos. 

— Viemos porque sentimos de longe o cheirinho. É tudo maravilhoso aqui em Gramado, inclusive a comida — elogiou Wilma.

Ao conhecer a Vila de Natal, é possível também valorizar o trabalho dos artesãos de Gramado e adquirir lembrancinhas para a família inteira. Fazem sucesso ímãs de geladeira, enfeites de porta, penduricos de árvore de Natal e outros itens confeccionados pelas mãos de moradores locais. Artesã e professora aposentada, Sônia da Rocha Costa, 56 anos, lembra que o item mais pedido é o enfeite de árvore. 

_ O mais legal de estar aqui expondo é a interação com os turistas, as coisas que a gente ouve, as pessoas que a gente conhece. Temos muito incentivo para o artesanato em Gramado. Assim, mostramos nosso talento para quem é de fora também _ define Sônia.

Parada de Natal

287_10_2018_33Natal Luz de Gramado - Parada de Natal. Foto Cleiton Thiele/SerraPress
Foto: Cleiton Thiele / Divulgação

Tradicional e gratuita, a Parada de Natal costuma enfeitar a Avenida Borges de Medeiros à tarde. Há apresentação de banda, soldadinhos, além do Papai e da Mamãe Noel, que interagem e se apresentam aos visitantes. Entre as novidades desta edição, um carro alegórico e decorado que lembra uma roda sinfônica transporta parte da banda. Enquanto um dos músicos pedala e gira a engrenagem, os demais tocam saxofone, bateria e cantam para o público.

A Parada de Natal ocorre todas sextas, sábados e domingos, às 16h, e também nos dias 24, 25, 31 de dezembro e 1º de janeiro. Nos demais dias, há a apresentação da Trupe de Natal, que ocorre na Vila de Natal, na Praça das Etnias, também às 16h. A Vila de Natal, inclusive, é cenário para a casa do Papai Noel. 

CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 21/11/2018Natal Luz em Gramado.O papai noel Elio Tabaczenski é de São Leopoldo e atende diversos dias da semana na Casa do Papai Noel, no Centro. (Lucas Amorelli/Agência RBS)
Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

Ajude a ligar as luzes de Gramado

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 21/11/2018Natal Luz em Gramado. (Lucas Amorelli/Agência RBS)
Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

O espetáculo Acendimento das Luzes ocorre todos os dias, pontualmente, às 20h30min. Mas pouco antes das 20h, a Avenida Borges de Medeiros já começa a fervilhar de gente. Famílias se posicionam defronte ao Palácio dos Festivais em clima de expectativa e ansiedade _ todos querem o lugar mais próximo. Até as 20h30min, as lâmpadas que enfeitam todas as ruas centrais da cidade estão apagadas, deixando no ar a curiosidade de como Gramado fica iluminada. Ao começar a apresentação, os artistas que se exibem nas sacadas do Palácio dos Festivais avisam: o visitante precisa interagir para que o espetáculo aconteça. Personagens que trabalham em uma fictícia usina de energia responsável por acender Gramado e ligar o Natal Luz são os protagonistas da história. A colaboração do público, com abraços, palmas e empolgação, é o que move a "usina" e traz energia para que, pouco a pouco, as luzes se acendam. 

O espetáculo dura pouco mais de 20 minutos. Na reta final, o Papai Noel aparece para fazer com que as luzes invadam a avenida, a igreja, os canteiros e encham a cidade de espírito natalino. No final, flocos de neve artificial caem sobre os visitantes, emocionando os turistas. É a hora das selfies, fotos de família e abraços calorosos em quem está perto. A família Teixeira, que veio de Votorantin (SP) para conhecer o Natal Luz, estava coberta de neve artificial no fim da noite. Nicole, de quatro anos, estava na garupa dos pais, Bruna e Paulo, e parecia não querer que o espetáculo acabasse.

— É tão mágico que nem sabemos como descrever _ disse Bruna, emocionada.  

Magia em todos os cantos

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 21/11/2018Natal Luz em Gramado. (Lucas Amorelli/Agência RBS)
Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

Durante o Natal Luz, missas são realizadas diariamente na Igreja Matriz São Pedro, defronte à Rua Coberta. Há participação de corais para deixar a cerimônia ainda mais especial. De segunda a sexta, há missas às 7h e 18h30min. No sábado, às 18h e às 19h30min. No domingo, às 8h, 10h30min, 17h e 18h30min. A beleza da igreja, com seu interior todo de pedra, era observada pela professora mineira Márcia Vasconcelos na tarde da última terça-feira. 

— É incrível como até a igreja de Gramado é bonita. O Natal Luz está no calendário de eventos do país, e ficamos surpreendidos em cada detalhe. Olha os vitrais desta igreja, a iluminação, as pedras! É um excelente local para conhecer _ afirmou Márcia, que visitava Gramado pela primeira vez.

Perto da igreja, também na Avenida Borges de Medeiros, a Fabulosa Loja de Chocolates Caracol oferece um espetáculo diário gratuito. Personagens da loja _ o Soldado Chocolito, a Bailarina Cacau e ao Urso Caramelo _ juntam-se a músicos e apresentam músicas natalinas na sacada às 18h30min, com duração de uma hora. Guilherme e Tânia de Souza Leite, vindos de Ribeirão Preto, sentaram-se em uma mureta de frente à loja e apreciavam, com olhar impressionado, a apresentação na última terça-feira.

CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 21/11/2018Natal Luz em Gramado.A professora Márcia Vasconcelos, de Minas Gerais, aprecia a beleza da igreja São Pedro, de Gramado. (Lucas Amorelli/Agência RBS)
Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

— Nós passamos de táxi na frente da loja, vimos os músicos e eu mandei ele parar na hora. É encantador _ disse Tânia.

Guilherme e Tânia optaram por não comprar ingressos para os espetáculos pagos e conferir as atrações gratuitas. E eles confirmam: o encanto do Natal Luz está espalhado em todos os cantos.

— Não sabíamos que tinha tanta coisa bonita aqui no Natal, e que não precisávamos pagar para assistir. Vou recomendar a todos meus amigos _ disse a turista.

SAIBA MAIS

:: A Rua Coberta é um dos espaços mais visitados de Gramado e recebe shows diários abertos ao público. Eles ocorrem às 19h30min e podem ser musicais, dança e teatro.

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 21/11/2018Natal Luz em Gramado. (Lucas Amorelli/Agência RBS)
Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

:: Há também o espetáculo Árvore Cantante, onde diversos corais convidados de todo Estado cantam repertório natalino. As apresentações ocorrem nas sextas e sábados, às 17h30min.

:: Ingressos para os espetáculos pagos podem ser adquiridos no site oficial www.natalluzdegramado.com.br  com valores que variam entre R$ 145 e R$ 335. Existem ainda áreas diferentes em localização privilegiada, como o Tapete Vermelho e o Espaço Premium.

:: São espetáculos pagos: Natal pelo mundo (ExpoGramado), Grande Desfile de Natal (ExpoGramado) e Reencontros de Natal (Lago Joaquina Rita Bier).







 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros