Mesmo em novo local, Parada Livre espera receber 10 mil pessoas em Caxias - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 

Diversidade17/11/2018 | 13h14

Mesmo em novo local, Parada Livre espera receber 10 mil pessoas em Caxias

Prefeitura não recuou e manteve decisão sobre o evento

Mesmo em novo local, Parada Livre espera receber 10 mil pessoas em Caxias Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

A organização da Parada Livre em Caxias do Sul estima receber um público de 10 mil pessoas no dia 25 de novembro, mesmo sem autorização da prefeitura para ocorrer na Praça Dante Alighieri, no centro da cidade. Conforme um dos integrantes da comissão organizadora, Nei Tiago, o Agoo Dee, a Parada Livre foi marcada neste ano para o último domingo de novembro justamente para que mais pessoas possam comparecer, já que haverá passe livre no transporte coletivo. O evento ocorrerá em um estacionamento na esquina das ruas Marechal Floriano e Os 18 do Forte.

Conforme Agoo Dee, foi encaminhado inicialmente um ofício à prefeitura solicitando autorização para o evento na rua Marquês do Herval, junto à Praça Dante, em frente ao Banco do Brasil. A resposta recebida, no entanto, foi de que não seria possível liberar por conta das horas extras que teriam de ser pagas a servidores, como guardas municipais e fiscalização de trânsito, por exemplo.

Outros espaços públicos foram solicitados, como a Rua Plácido de Castro e a Estação Férrea, mas a autorização também foi negada, e a prefeitura sugeriu o Centro de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho. O local, porém, não seria suficiente para comportar o número de pessoas.

Agoo Dee explica que, sem autorização da prefeitura, não podem ser instalados equipamentos na Praça Dante. Mesmo que a mobilização fosse marcada para a praça, ela não teria as mesmas características que tem todos os anos, com a realização de shows.

— Se o evento está no calendário oficial do município, qual seria o problema em apoiar e fechar o trânsito num domingo? — questiona o organizador.

A falta de apoio com servidores por parte da prefeitura de Caxias à Parada Livre chama atenção porque, neste sábado (17), ocorrerá a Marcha Para Jesus, no centro da cidade. Cerca de 5 mil pessoas deverão percorrer a Rua Sinimbu a partir das 18h, acessar a Alfredo Chaves e se dirigir até a prefeitura de Caxias do Sul, onde haverá uma celebração no estacionamento do Centro Administrativo.

O secretário da Cultura, Joelmir da Silva Neto, diz que, na esfera da cultura, não foi atendido um pedido da Marcha Para Jesus, que se tratava a apoio na divulgação do evento. Sobre o fato de haver desfile na área central, com interrupção do trânsito, Joelmir disse se tratar de uma questão que cabe à Secretaria de Trânsito. A reportagem não conseguiu contato com o Secretário Cristiano de Abreu Soares na manhã de sábado para tratar do assunto.

Joelmir garante que não há preconceito na decisão da prefeitura em não autorizar a Parada Livre. Segundo ele, a negativa foi por conta da necessidade que haveria de envolver outras secretarias, como Segurança e Trânsito, e também devido ao viés cultural da Parada Livre, motivo pelo qual foi sugerido o Centro de Cultura Ordovás, além de ser tido como um espaço mais seguro do ponto de vista do trânsito e circulação de pessoas. Ele disse ainda que a prefeitura vai fornecer gradis para proteção do evento que será, agora, realizado em um estacionamento.

Devido aos custos da Parada Livre, incluindo exigências do município em relação à estrutura, como PPCI, banheiros químicos e ambulância, os organizadores estão fazendo uma vaquinha on-line no site https://apoia.se/paradalivredecaxias.

Leia também
Serra terá atendimento prejudicado com saída de médicos cubanos
Incêndio destrói duas casas no bairro Pioneiro em Caxias
Confira os detalhes de como serão os desfiles cênicos da Festa da Uva

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros