Gramado terá abastecimento de água interrompido para obras  - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Corsan21/11/2018 | 06h28Atualizada em 21/11/2018 | 06h28

Gramado terá abastecimento de água interrompido para obras 

Interrupção deve durar das 8h às 18h 

Gramado terá abastecimento de água interrompido para obras  istockphoto/istockphoto
Foto: istockphoto / istockphoto
Pioneiro

A cidade de Gramado terá o abastecimento de água interrompido pela Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) durante o dia de hoje. A concessionária vai realizar a ligação de uma tubulação que leva água de São Francisco de Paula até o sistema Gramado e Canela. A interrupção deve durar das 8h às 18h e a empresa aproveitará para realizar outras intervenções durante o período.

Conforme a Corsan, a obra deve dar mais vazão ao sistema de abastecimento, aumentando em cerca de 30% o volume de água que chega a Gramado. A cidade vem sofrendo com o desabastecimento crônico desde o início do mês: moradores de diversos bairros relatam que, desde antes do feriado de Finados, no dia 2, a água tem acabado diariamente nas primeiras horas da manhã para retornar somente na madrugada seguinte. 

No último fim de semana, gramadenses compartilharam fotos e vídeos nas redes sociais do abastecimento retornando, mas com água de cor marrom nas torneiras. Na segunda-feira, um pequeno grupo de moradores realizou um protesto em frente à Corsan exigindo a solução do problema.

A concessionária, que já é ré em uma ação proposta pelo Ministério Público por supostas deficiências no serviço, minimizou a situação, alegando que a falta de água ocorre em pontos isolados durante momentos de pico de uso. A obra desta quarta-feira é a promessa de resolver o problema de forma definitiva. A expectativa é de que o abastecimento esteja normalizado até amanhã de madrugada, mas o incremento no volume de água só deve ser percebido a partir do dia 30, quando a nova tubulação entrar em funcionamento. A Corsan também diz que contratou uma empresa para verificar vazamentos ocultos na rede e destacou a instalação de um reservatório de 3 mil metros cúbicos na Aldeia do Papai Noel, que está funcionando parcialmente.

Na ação civil pública movida em 2017, o Ministério Público apontou que a demanda por água na cidade crescia 8% ao ano, maior índice do Estado. O órgão também estimava que 36% da água tratada que chegava ao município se perdia por vazamentos na rede. 

SAIBA MAIS

- Informações sobre o abastecimento em Gramado podem ser obtidas no site da Corsan, na seção "Situação do Abastecimento de Água", ou pelo Corsan 24 Horas, no telefone 0800-6466444.

Leia também
Em consulta, usuários se dizem satisfeitos com o transporte coletivo de Caxias do Sul
Almoço beneficente arrecada fundos para animais abandonados em Caxias do Sul

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros