Sem Postão e com UBSs fechadas UPA lota neste sábado à noite em Caxias - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Saúde pública20/10/2018 | 20h40Atualizada em 20/10/2018 | 20h42

Sem Postão e com UBSs fechadas UPA lota neste sábado à noite em Caxias

Com cadeiras da recepção todas ocupadas, pessoas aguardam atendimento em pé e no lado de fora da unidade

Sem Postão e com UBSs fechadas UPA lota neste sábado à noite em Caxias Lizie Antonello / Agência RBS/Agência RBS
Cerca de 90 pessoas estavam no interior da unidade por volta das 20h Foto: Lizie Antonello / Agência RBS / Agência RBS

O movimento intenso da noite passada na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Caxias do Sul voltou a se repetir na noite deste sábado. Sem o Pronto-Atendimento 24h do município (Postão) que fechou para reformas e ampliação na última quarta-feira  e com unidades básicas de saúde (UBSs) fechadas – os postos funcionam de segunda a sexta-feira durante o dia – a população recorreu à unidade da Zona Norte que ficou lotada.

Leia mais:
Após movimento intenso de pacientes, procura é normal na UPA Zona Norte neste sábado Postão de Caxias fechou às 0h08min para reforma e ampliação 

 Por volta das 20h, quando a reportagem esteve no local, as cadeiras da recepção estavam todas ocupadas e pacientes aguardavam atendimento em pé e no lado de fora do prédio. Naquele horário, havia cerca de 90 pessoas na unidade.

Os leitos de emergência, que passaram de quatro  para seis com o fechamento do Postão, estavam quase todos ocupados. Em apenas um não havia paciente. 

Nenhum representante da administração da UPA foi indicado para falar com a reportagem no local. À tarde, contatada pelo Pioneiro, a UPA disse que só irá se manifestar na segunda-feira.

De forma geral, os pacientes elogiam o atendimento, mas, em função do aumento da procura, os casos de menor gravidade acabam esperando horas para serem atendidos. Foi o que aconteceu com dona Valderez Cavion, 69 anos. Ela teve uma torção no tornozelo. Com a dor não passou e o local do machucado permaneceu inchado, resolveu procurar o serviço para fazer um raio x. Chegou pouco antes das 16h. Passou pela triagem que classificou o caso como de menor gravidade. Até as 20h não havia conseguido realizar o exame e aguardava na recepção com o marido, Itacir Cavion, 65 anos. 

– Fazer o quê? Nosso Postão fechou – lamentou a idosa que depende do Sistema Único de Saúde (SUS) e costumava recorrer ao PA 24h sempre que precisava.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros