Prefeitura de Caxias vai avaliar necessidade de mais médicos na UPA da Zona Norte - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Reforço 22/10/2018 | 16h00Atualizada em 22/10/2018 | 16h00

Prefeitura de Caxias vai avaliar necessidade de mais médicos na UPA da Zona Norte

Relatórios quinzenais devem apontar a necessidade ou não de contratação de mais profissionais

Prefeitura de Caxias vai avaliar necessidade de mais médicos na UPA da Zona Norte Kamila Mendes/Agencia RBS
Foto: Kamila Mendes / Agencia RBS

O atendimento em saúde da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Zona Norte de Caxias do Sul passará por avaliação. O levantamento será realizado pela Secretaria da Saúde com o intuito de verificar se existe a necessidade de encaminhar mais médicos para atender a demanda por urgências e emergências em função do fechamento do Postão 24 horas para reformas pelos próximos seis meses.  

 Leia mais:
Após movimento intenso de pacientes, procura é normal na UPA Zona Norte neste sábado Postão de Caxias fechou às 0h08min para reforma e ampliação  

Segundo o secretário interino da Saúde, Júlio César Freitas, a avaliação é positiva no primeiro final de semana após o fechamento do PA para obras. Para o secretário, o atendimento está ocorrendo normalmente, sem registro de grandes filas ou tempo de espera. Conforme o titular da pasta, o movimento mais intenso tem sido registrado durante o período situado entre o final da noite e início da madrugada. A reportagem recebeu fotos e informações de que a sala de espera estava lotada entre o final da noite de sexta e início da madrugada de sábado. Na manhã seguinte, porém, foi até o local e constatou que não havia atraso para consultas e atendimentos. Estavam trabalhando quatro clínicos e três médicos pediatras, além de um psiquiatra que atendia conforme a demanda no local.   

Ainda conforme o secretário, a unidade de saúde está com  médicos suficientes para dar conta do aumento do número de pacientes. Mas, caso seja necessário, serão chamados  novos médicos para atender nos momentos de pico.  

— Temos percebido uma resposta muito boa da população nestes primeiros dias de atendimento e temos margem para chamar mais médicos para reforçar a equipe da UPA, caso seja necessário. Vamos fazer avaliações quinzenais sobre o atendimento   — destaca 

A Secretaria da Saúde vai repassar os relatórios a cada 15 dias para o Ministério Público Estadual (MPE) e para o Ministério Público Federal (MPF).    

Transporte até a UPA 

Existe um ônibus que faz o caminho até a UPA, entre às 6h30min e 23h30min a cada 40 minutos, em uma parada localizada em frente ao Pronto Atendimento. A passagem, no entanto, possui o mesmo valor do transporte tradicional, R$ 3,95. Na madrugada não há opções de transporte coletivo para a UPA. A Secretaria da Saúde reforça que, nos casos de urgência que necessitarem de transporte durante nesse período, o serviço do Samu está disponível para atender pelo telefone 192. O número 98447.5580 também está disponível para outras informações sobre o atendimento. 

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros