Prefeitura de Caxias diz que vai à justiça para cobrar do Estado atraso milionário para a área da saúde - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

SUS24/10/2018 | 10h42Atualizada em 24/10/2018 | 10h42

Prefeitura de Caxias diz que vai à justiça para cobrar do Estado atraso milionário para a área da saúde

Dívida se refere a Samu, assistência farmacêutica, atenção psicossocial, PIM e atendimentos a pessoas com deficiência 

Prefeitura de Caxias diz que vai à justiça para cobrar do Estado atraso milionário para a área da saúde Daniel Conzi/Agencia RBS
Entre os recursos em atraso, há valores para o funcionamento do SAMU Foto: Daniel Conzi / Agencia RBS

A prefeitura de Caxias do Sul pretende cobrar judicialmente uma dívida de quase R$ 13 milhões referentes a repasses estaduais em atraso. Conforme a administração municipal, são recursos não recebidos desde 2014. 

O valor foi atualizado até 16 de fevereiro deste ano e inclui dinheiro para o Samu, assistência farmacêutica básica, rede de atenção psicossocial, Primeira Infância Melhor (PIM) e atendimentos a pessoas com deficiência. Conforme o secretário interino da Saúde, Júlio César Freitas, a prefeitura está custeando os serviços para evitar a interrupção dos serviços. 

O Governo do Estado confirma que tem valores em atraso com o município de Caxias do Sul e diz que a dívida é ainda maior, de R$ 14 milhões. Por meio da assessoria de imprensa, a Secretaria Estadual da Saúde informou que R$ 3,5 milhões são referentes a 2014. 

Em nota, diz ainda que destinou R$ 9,2 milhões ao município em 2018 e R$ 58,4 milhões em incentivos a hospitais. Sem citar prazos, afirma que o Estado está buscando colocar os pagamentos em dia, o que depende da situação econômica financeira. 

Leia também
Novos agentes irão monitorar mais 460 detentos em Caxias do Sul
PF deflagra operação que combate crimes eleitorais em Caxias do Sul

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros