Polícia investiga desaparecimento de adolescente há sete dias - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Mistério02/10/2018 | 17h05Atualizada em 03/10/2018 | 08h38

Polícia investiga desaparecimento de adolescente há sete dias

Estudante de 17 anos saiu de Picada Café com destino a Sapucaia do Sul, no dia 24 de setembro, mas não chegou ao destino

Polícia investiga desaparecimento de adolescente há sete dias Divulgação/Arquivo Pessoal
Tailon sumiu no dia do aniversário Foto: Divulgação / Arquivo Pessoal

No dia 24 de setembro, uma segunda-feira, o adolescente Tailon Ariel Schaefer acordou cedo e foi para a estação rodoviária de Picada Café, município localizado na Encosta da Serra, a 90 quilômetros de Porto Alegre. Tinha como destino Sapucaia do Sul, na Região Metropolitana, onde deveria permanecer até a quinta-feira.

Embora fizesse parte da rotina de Tailon dividir sua semana entre a Serra, de sextas a domingos, e a cidade da Região Metropolitana, de segundas a quintas, naquele dia, a mãe, Cleci Suckel Rosa, fez questão de acompanhá-lo até a porta do ônibus, para uma despedida especial. Afinal, o filho completava 17 anos justamente naquela data.

— Dei um beijo nele e desejei uma boa viagem — lembra Cleci.

O que a mãe não imaginava era que, poucas horas depois, começaria um período de tormento que lhe tiraria o sono nos dias seguintes. O motorista deu partida no ônibus às 8h10min. Às 16h30min, a avó do adolescente, com quem ele mora em Sapucaia do Sul, telefonou comunicando que Tailon não havia chegado ao destino. Desde então, a família não obteve mais notícias dele. Seu celular permanece desligado e ele não acessou mais seu WhatsApp.

A mãe lembra que o filho costuma ficar com a avó até quinta-feira para frequentar a escola.

— Ele está cursando as disciplinas que faltam para concluir o Ensino Fundamental pelo EJA (Educação de Jovens e Adultos) — diz.

Uma distância de 55 quilômetros separa Picada Café do município da Região Metropolitana. Tailon a percorre de ônibus até as proximidades de um shopping em Novo Hamburgo e, depois, de trensurb até Sapucaia do Sul. O que aconteceu durante o trajeto ainda é um mistério.

— Tinha um vizinho no ônibus que o viu, mas não sabe onde ele (Tailon) desembarcou. O motorista também é acostumado com ele nas segundas-feiras. Lembra de tê-lo visto, mas não de onde ele desembarcou — lamenta a mãe.

desaparecido em Picada Café
Foto: Divulgação / Arquivo pessoal

O desaparecimento foi registrado na Delegacia de Polícia de Nova Petrópolis, que atende Picada Café. De acordo com um policial que participa das investigações, estão sendo apurados possíveis locais onde o adolescente possa ter sido visto durante esse período em que está desaparecido.

Para informações:

Delegacia de Polícia de Nova Petrópolis: (54) 3281-1378
Família: (54) 99147-1046.

Leia também:
"Houve a invasão do serviço, isso é um crime", diz prefeito de Caxias sobre protesto de servidores no Postão
Prefeitura cancela assembleia que teria com servidores do Postão nesta terça-feira

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros