Movimentação em UBSs das regiões norte e sul de Caxias é tranquila - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Ronda UBSs17/10/2018 | 10h53Atualizada em 17/10/2018 | 11h59

Movimentação em UBSs das regiões norte e sul de Caxias é tranquila

Unidades básicas de saúde não foram impactadas na primeira manhã após o fechamento do Pronto-Atendimento 24 Horas

Movimentação em UBSs das regiões norte e sul de Caxias é tranquila  Mateus Frazão/Agencia RBS
UBS Santa Fé teve movimento tranquilo durante a manhã Foto: Mateus Frazão / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Sete unidades básicas de saúde (UBSs) de referência das regiões Norte e Sul de Caxias do Sul não registraram impactos consideráveis em decorrência dao fechamento do Pronto-Atendimento 24 Horas nesta quarta-feira. Entre 8h e 9h30min desta quarta-feira, o Pioneiro visitou três UBSs da região Sul e quatro da Zona Norte da cidade. Nenhuma delas apresentou movimento significativo.

Na região Sul, apenas a UBS Kayser teve procura mais acentuada, mas dentro da normalidade da rotina de atendimentos. As UBSs Alvorada, no bairro Arcobaleno, e a unidade do bairro Santos Dumont tiveram baixa movimentação.

 Leia mais
Movimento é moderado nas UBSs da Zona Oeste de Caxias após fechamento do Postão
Movimento no Postão, em Caxias, é tranquilo antes do fechamento para reformas
UBSs da Zona Leste de Caxias têm movimento moderado na manhã desta quarta-feira
Hospitais ainda não sabem como darão retaguarda ao público com o fechamento do Postão  

As unidades da região Norte registraram movimento um pouco maior, mas também dentro da normalidade. O Pioneiro visitou as UBSs Jardim Eldorado, Século XX, Serrano e Santa Fé. A mais movimentada era a do Serrano, mas, também de acordo com os usuários, nada acima da rotina.

— Uso pouco a UBS, mas normalmente é esse movimento sim. Agora, me preocupa bastante o fechamento do Postão, porque isso certamente vai refletir para nós — comentou a moradora do Serrano, Aline Oliveira Silva.

Outro usuário da UBS já discorda com relação à interrupção de atendimentos do Pronto-Atendimento. Para ele, mesmo que eventualmente a movimentação aumente na UBS do bairro, ainda assim, a expectativa é de que os serviços melhorem após a reforma do Postão:

— Eu acho que se for para melhorar, tudo bem (fechar o Pronto-Atendimento). Nunca fui bem atendido no Postão. Prefiro muito mais a UPA  —  comentou Fabio de Melo.

Opinião semelhante é a da aposentada Rosita Ferreira, usuária da UBS Santa Fé:

— Gosto mais do atendimento do Postão, apesar de morar mais perto da UPA. Mas posso usar a UPA sim, inclusive fica mais perto. Só acho que vai aumentar muito o movimento. Mas, se é para melhorar ainda mais o Postão, acho que temos que ter paciência — aposentada Rosita Ferreira.

Leia também
Sem luz, Sine de Caxias do Sul não tem atendimento à população nesta quarta-feira
Acolhimento deve preparar adolescentes para uma vida autônoma


 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros