HG confirma que receberá pacientes do Postão de Caxias que deve fechar para obras - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Saúde pública02/10/2018 | 13h20Atualizada em 02/10/2018 | 16h05

HG confirma que receberá pacientes do Postão de Caxias que deve fechar para obras

Direção técnica do hospital disse que discutirá com o município como se dará atendimentos 

HG confirma que receberá pacientes do Postão de Caxias que deve fechar para obras Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

A direção do Hospital Geral (HG) de Caxias do Sul confirmou, há pouco, que receberá pacientes assistidos pelo Pronto-Atendimento 24h, o Postão. Mesmo sem a confirmação por parte da prefeitura, a unidade deverá fechar para a reforma e ampliação que permitirá transformar o PA em uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) III.

Sem dar detalhes, o diretor técnico da instituição, Alexandre Avino, disse que o HG vai receber pacientes dentro das possibilidades.

– Discutiremos com o município estratégias para as contingências deste período – afirmou.

Leia mais:
Conselheiros de Saúde protestam contra fechamento do Postão 24H em Caxias
Postão de Caxias deve fechar para reforma
Sindicato dos Médicos alerta para possível fechamento do Postão de Caxias

O gestor não especificou se os pacientes que o hospital vai receber são os que estão atualmente no PA Municipal e que seriam transferidos para outras unidades ou aquelas pessoas que eventualmente procurariam pelo serviço de urgência e emergência do Postão e que passariam a buscar atendimento no Pronto-Socorro do HG.

Um grupo de cerca de cem pessoas, entre integrantes do Conselho Municipal de Saúde, sindicalistas e funcionários, permanece junto ao prédio do PA Municipal protestando contra o fechamento, desde o começo da manhã desta terça-feira. A mobilização estava marcada para acontecer às 17h, mas foi adiantada porque há rumores de que a prefeitura está prestes a fazer a realocação de pacientes para outros locais.

Segundo informações extraoficiais o deslocamento seria feito pelo Serviço de Atendimento-Móvel de Urgência (Samu). Porém, a coordenação do serviço disse que, até o final desta manhã, não tinha recebido nenhuma orientação sobre possíveis transferências de pacientes.

A UPA Zona Norte informou, por meio da sua assessoria, que o Instituto de Gestão e Humanização (IGH), que administra a unidade, não foi contatado pelo município para discutir uma possível absorção da demanda do Postão. Conforme o  Sindicato dos Médicos de Caxias do Sul, o PA atende cerca de 400 pacientes por dia.

Na tarde desta segunda-feira, Gerson Schütz, dono da empresa Técnica Construções Ltda, vencedora da licitação e, portanto, responsável pela obra, informou ao Pioneiro que pela descrição do serviço, cronograma e valor, o local deve ser entregue à empreiteira de portas fechadas.

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros