"Era o torcedor número um das bochas", diz amigo de homem morto em atropelamento na BR-470 - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Garibaldi29/10/2018 | 10h19Atualizada em 29/10/2018 | 10h19

"Era o torcedor número um das bochas", diz amigo de homem morto em atropelamento na BR-470

Acidente ocorreu na noite de domingo. Motorista fugiu sem prestar socorro

"Era o torcedor número um das bochas", diz amigo de homem morto em atropelamento na BR-470 Idemir de Siqueira/Divulgação
Foto: Idemir de Siqueira / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Fábio Gallina, 43 anos, morto em um atropelamento na noite de domingo na BR-470, será lembrado como uma das figuras mais carismáticas de Garibaldi. Ele foi atropelado no Km 227, próximo ao acesso ao município, por volta de 21h. O motorista fugiu sem prestar socorro. A Polícia Civil investiga o caso a partir desta segunda-feira. 

Leia mais
Motorista foge após atropelar e matar homem na BR-470, em Garibaldi

Gallina tinha deficiência intelectual e por muitos anos frequentou a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Garibaldi. Ele também era um torcedor ativo das competições da Liga Garibaldense de Bocha. 

— Nós dizíamos que ele era o torcedor número um das bochas, porque ele estava em todos os campeonatos. Era um amante do esporte, um cara muito querido por todos — diz o secretário da Liga, Jean Frighetto. 

— Onde tinha alegria, o Fábio estava — reforça o amigo Idemir de Siqueira.

No momento do acidente, Gallina se deslocava para a região central da cidade, onde ocorria as comemorações das eleições. Ele morava com os pais, Adele e Valdemar, no bairro São Miguel. Além deles, Gallina deixa os irmãos Tiago e André. 

O velório está previsto para iniciar por volta das 13h desta segunda-feira, na comunidade de São Miguel. O sepultamento será às 17h30min, no cemitério do mesmo bairro.

Leia também
VÍDEO: jipeiros ficam presos na correnteza e são resgatados de helicóptero no Rio Tainhas

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros