Em oito horas, chuva em Caxias supera um terço da média de todo o mês de outubro - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Mau tempo31/10/2018 | 10h24Atualizada em 31/10/2018 | 10h49

Em oito horas, chuva em Caxias supera um terço da média de todo o mês de outubro

Estação meteorológica do aeroporto Hugo Cantergiani registrou ventos de até 60 km/h

Em oito horas, chuva em Caxias supera um terço da média de todo o mês de outubro Porthus Junior/Agencia RBS
Chuva e vento fortes causaram diversos problemas em Caxias do Sul Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

A estação meteorológica do aeroporto Hugo Cantergiani, em Caxias do Sul, registrou 66 mm de chuva entre 0h10min e 8h35min desta quarta-feira (31). O valor supera um terço da média de outubro, que é de 178,7 mm na cidade, conforme a série histórica de levantamentos feitos, entre 1981 e 2010, pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Ventos entre 50 km/h e 60 km/h foram registrados durante três minutos a partir da meia-noite desta quarta, logo antes de a chuva forte começar. Entre 1h36min e 1h39min, houve queda de granizo na área do aeroporto, no bairro Salgado Filho.

Leia mais
Temporal causa destelhamento de centenas de casas em Flores da Cunha
Árvores e postes obstruem ruas de Caxias após o temporal
Granizo causa danos nas zonas rural e urbana de São Marcos

O temporal causou pelo menos 15 destelhamentos e 10 quedas de árvores em diversos pontos, entre eles a rua Luiz Covolan, no bairro Reolon, o que causou transtornos no trânsito no início da manhã. Outros pontos atingidos foram a rua Dr João Palombini, no bairro São José, e Avenida Rosetti, próximo à esquina com a rua Moreira César, entre os bairros Pio X e São José.

Em Cambará do Sul, a chuva chegou a quase metade da média de outubro em seis horas, entre as 2h e as 8h. O volume foi de 72 mm, 45% da média mensal de 159,4mm. 

Em Vacaria, foram registrados 23 mm em apenas uma hora, entre 5h e 6h. A estação automática do Inmet no município parou de enviar dados ao sistema nas duas horas seguintes.

Em Bento Gonçalves, foram registrados 54,6mm entre a meia-noite e as 8h. A média de outubro é de 185,6mm. Na cidade, pelo menos 12 casas receberam lonas dos bombeiros na área de São Valentim e Tuiuty. Os bombeiros também tiveram de remover árvores na Estrada Buarque de Macedo e na região de 15 da Graciema, no Vale dos Vinhedos, onde também caíram postes de energia elétrica. Árvores também tiveram de ser removidas da BR-470.


 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros