Restauração da imagem de Caravaggio, em Farroupilha, está 70% pronta  - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Religiosidade25/09/2018 | 10h17Atualizada em 25/09/2018 | 10h25

Restauração da imagem de Caravaggio, em Farroupilha, está 70% pronta 

Estátua retirada de rótula na RSC-453 foi colocada no Recanto do Rosário, nos fundos do Santuário Diocesano

Restauração da imagem de Caravaggio, em Farroupilha, está 70% pronta  Mateus Frazão/Agencia RBS
Artista Gilmar Pocai trabalha para dar traços mais humanos e delicados às estátuas de Nossa Senhora e Joaneta Foto: Mateus Frazão / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

O processo de restauração da antiga imagem de Nossa Senhora de Caravaggio, alvo de polêmica pelas feições consideradas pouco harmoniosas, já está cerca de 70% finalizado. A remodelação é realizada desde o ano passado pelo artista Gilmar Pocai no Recanto do Rosário, nos fundos do santuário, em Farroupilha. 

A intenção do projeto é dar traços mais humanos e delicados às estátuas de Nossa Senhora e Joaneta. À época da instalação na rótula da RSC-453, em 2008, houve polêmica em torno do visual do rosto da santa e a imagem acabou sendo removida em dezembro de 2015 e substituída por outra.  

Pocai trabalha atualmente na reestruturação do rosto da santa — nota-se que a expressão, agora, está mais fiel às feições humanas. Já a estátua da camponesa italiana Joaneta (para quem a santa apareceu) está praticamente concluída, faltando apenas alguns retoques. A ideia é que o projeto seja finalizado antes da próxima romaria, em maio do ano que vem. 

— Podemos dizer que de três etapas, duas já foram finalizadas. Depende das condições climáticas. Em dia de umidade, não tem como trabalhar com o cimento. Nem quando chove — diz Pocai.

Leia mais:
>>
Alvo de polêmica, antiga estátua de Nossa Senhora de Caravaggio será remodelada e instalada no Santuário
>> Conheça a nova estátua de Nossa Senhora de Caravaggio, em Farroupilha
>> Estátua de Nossa Senhora de Caravaggio poderá ser trocada, na RSC-453, em Farroupilha 

Devido à polêmica sobre suas feições, escultura foi removida em dezembro de 2015 do acesso à Rodovia dos RomeirosFoto: Leandro ¿?vila / Divulgação

No processo de reestruturação, as imagens ganharam novas medidas: a estrutura de Caravaggio, por exemplo, passou de oito metros de altura para cinco metros. A alteração no tamanho da base foi definida para ficar mais harmoniosa no espaço escolhido para recebê-la, o jardim do Recanto do Rosário, onde os fiéis costumam orar ao ar livre, nos fundos do santuário. 

— Diminuindo a proporção, a imagem ficou mais integrada ao espaço. Ela está também com um terço do volume que ela tinha — explica Pocai. 

A base antiga, de isopor e fibra de vidro, foi aproveitada parcialmente e revestida com concreto e ferro. Após terminar o processo de modelagem, Pocai aplicará a última camada de cimento e fará a impermeabilização. 

A fase final é a pintura. Em princípio, as imagens devem ser monocromáticas, segundo o artista. Ou seja, terão uma cor só, ao contrário da estátua colorida instalada na rótula da RSC-453.   

— Esteticamente, terá uma cor neutra. Como um bege, por exemplo. Mas a pintura é rápida — diz o artista.

Leia também
>>
Com cobertura de lona há três meses, escola de Bento Gonçalves fica alagada após temporal
>> Licitação para reforma do Postão de Caxias tem apenas uma empresa habilitada

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros