Prefeitura de Caxias reconsidera prazo para cedência de servidores ao Cerest - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Saúde do trabalhador24/09/2018 | 19h22Atualizada em 24/09/2018 | 19h22

Prefeitura de Caxias reconsidera prazo para cedência de servidores ao Cerest

Mesmo assim, município quer que Estado encontre outro espaço para abrigar o serviço

Pioneiro
Pioneiro

Vencido o prazo dado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) para o município de Caxias do Sul reconsiderar a decisão de realocar os servidores que atuavam no Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) Serra, a prefeitura informou nesta segunda-feira que está disposta a manter os servidores municipais junto ao órgão até dezembro deste ano — desde que o Estado designe outro espaço para abrigar o serviço. 

No último dia 12, a 5ª Coordenadoria Regional de Saúde (5ª CRS) havia recebido um ofício em que o governo municipal comunicava que deixaria a gestão do serviço a partir de 1º de outubro. Dois dias depois, o MPT notificou o município para que reconsiderasse a decisão.

Em nota, a prefeitura afirma que precisa do espaço atualmente utilizado pelo Cerest/Serra, no segundo andar do Pronto-Atendimento 24 Horas, o Postão. "A prioridade da administração municipal é aumentar o número de leitos de observação e garantir mais qualidade à população no acesso à farmácia que funciona no Postão. No entendimento do Executivo, essa necessidade impõe que a desocupação do espaço físico hoje utilizado pelo Cerest seja imediata. Por isso, o segundo andar do PA passará por uma reforma para abrigar a farmácia, enquanto a sala onde hoje ela se localiza será utilizada para ampliar o espaço dos leitos", diz o texto. 

O documento diz ainda que apenas Caxias, entre os 49 municípios atendidos pelo Cerest/Serra, auxiliaria no custeio do serviço. 

Entre janeiro de 2015 e dezembro de 2017, 30.984 trabalhadores foram beneficiados, direta ou indiretamente, em ações de vigilância em ambientes de trabalho desenvolvidos pela equipe técnica do órgão.

Leia também:
Com cobertura de lona há três meses, escola de Bento Gonçalves fica alagada após temporal
Licitação para reforma do Postão de Caxias tem apenas uma empresa habilitada

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros